PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Citado em súmula, Wellington Silva diz que não agrediu jogador do Botafogo

Wellington Silva disse que não agrediu adversário durante a partida de domingo - Ricardo Duarte/Inter
Wellington Silva disse que não agrediu adversário durante a partida de domingo Imagem: Ricardo Duarte/Inter

Do UOL, em Porto Alegre

19/11/2018 18h20

Expulso e citado em súmula pelo árbitro Rafael Traci, o meia-atacante Wellington Silva usou seu perfil no Twitter para se defender. Segundo ele, não houve agressão a Rodrigo Pimpão no lance durante o segundo tempo do duelo entre Inter e Botafogo. 

Wellington sofreu uma entrada por trás, e revidou. Levantou-se e empurrou o adversário, que caiu. O árbitro expulsou o jogador do Inter e apresentou amarelo para o do Botafogo. 

Em súmula, Rafael Traci escreveu o seguinte sobre a expulsão: "Golpear ou tentar golpear um adversário com uso de força excessiva na disputa da bola. Por empurrar com as duas mãos com uso de força excessiva contra o peito de seu adversário de nº 17, fora da disputa de bola, logo após ter recebido uma falta deste mesmo adversário. Isso gerou um principio de confusão, sendo contido pelos jogadores e arbitragem". 

Ainda relatou que após o fim do jogo, Wellington invadiu o campo irritado e foi contido pelos companheiros. 

Através de seu perfil no Twitter, o jogador postou sua versão para o fato. "Um erro não justifica o outro. Mas, não agredi o jogador do Botafogo. Pelo contrário, recebi uma entrada desleal que poderia causar uma lesão muito séria e, de cabeça quente, fui cobrá-lo por isso. A minha dedicação em buscar a vitória de maneira leal pelo Inter segue a mesma", explicou. 

Relato também cita Moledo

Rodrigo Moledo, que também recebeu cartão vermelho, apareceu em súmula, da mesma forma. O jogador, segundo o árbitro, recebeu o vermelho por reclamar utilizando palavrões e também ter puxado o juiz pela camisa. 

Em campo o Inter perdeu para o Botafogo por 1 a 0 e viu o Flamengo assumir a vice-liderança do Brasileiro

Esporte