PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Fernando Prass puxa fila de atletas do Palmeiras que podem sair em 2019

Fernando Prass na partida entre Palmeiras e Junior Barranquilla - AFP PHOTO / NELSON ALMEIDA
Fernando Prass na partida entre Palmeiras e Junior Barranquilla Imagem: AFP PHOTO / NELSON ALMEIDA

Danilo Lavieri e Leandro Miranda

Do UOL, em São Paulo

07/11/2018 04h00

O Palmeiras repetirá a estratégia do ano passado e empurrará as conversas para a renovação dos contratos de seus jogadores para dezembro, quando o Campeonato Brasileiro já tiver o seu vencedor definido. Com a ideia de manter o foco apenas nos jogos, a diretoria evita conversar com os vários atletas que têm contrato perto do término.

Fernando Prass é o exemplo mais comentado entre eles. O goleiro veio a público afirmar que gostaria de renovar o vínculo com o Alviverde, mas deixou claro que tem planos de assinar um contrato que tenha mais de um ano de duração. Em 2017, a diretoria palmeirense topou estender seu vínculo por apenas 12 meses.

Jailson, seu concorrente de posição, também tem o contrato vencendo. Apesar de ser reserva de Weverton, ele viveu em 2018 o ano em que mais atuou com a camisa do Palmeiras, especialmente por conta do Campeonato Paulista: foram 35 jogos.

Leia também:

Edu Dracena foi outro que já foi a público para afirmar que gostaria de continuar no Alviverde, mas que seu foco principal está na conquista do deca. Ele renovou seu contrato no ano passado de forma automática até o fim deste ano por conta do número de jogos atingido. Agora, precisará sentar à mesa com Alexandre Mattos para definir o seu futuro.

Marcos Rocha, durante a partida entre Palmeiras e Sport - PETER LEONE/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO - PETER LEONE/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Marcos Rocha pode deixar o Palmeiras
Imagem: PETER LEONE/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Marcos Rocha vive situação semelhante, mas já sabe para onde vai caso não renove com o Palmeiras. Como ele pertence ao Atlético-MG, o jogador voltará para Belo Horizonte caso não tenha seus direitos econômicos comprados de forma definitiva.

Mayke, concorrente de posição, está na mesma. Com o vínculo preso ao Cruzeiro, ele voltaria para a Toca da Raposa se não acertasse a sua renovação. O caso dele, no entanto, é o mais encaminhado de todos. Isso porque o Palmeiras já deu a entender que gostaria de comprar os direitos do lateral direito.

Além de discutir a renovação de atletas que podem sair, o Palmeiras ainda se prepara para receber pelo menos três reforços. Raphael Veiga volta de empréstimo do Atlético-PR, Arthur foi contratado por se destacar no ataque do Ceará e Zé Rafael foi comprado do Bahia após ser um dos melhores meias do ano.

Esporte