PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Helinho se recupera no São Paulo e é destaque em treino

Jovem de 18 anos é um dos candidatos a substituir o lesionado Rojas - Marcello Zambrana/AGIF
Jovem de 18 anos é um dos candidatos a substituir o lesionado Rojas Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Bruno Grossi e José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

30/10/2018 12h08

O São Paulo fez, na manhã desta terça-feira, o segundo treino pensando no embate com o Flamengo, válido pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. E o técnico Diego Aguirre pôde contar com um reforço: o garoto Helinho, recuperado de torção no tornozelo esquerdo e que foi um dos destaques da atividade no CT da Barra Funda. Ele concorre à vaga do lesionado Joao Rojas no embate das 17h de domingo, no Morumbi.

LEIA MAIS:
- São Paulo volta a vencer, mas precisa resolver "revolta" da base

A promessa de 18 anos sofreu a lesão na quarta-feira da semana passada, perdeu o duelo com o Vitória e só nesta terça foi liberado pela fisioterapia. Como não ficou muitos dias parado, já pôde ser integrado ao grupo, que cumpriu três tipos diferentes de exercícios técnicos de campo reduzido nesta manhã. 

No começo, Helinho ainda parecia tímido, sem tanta confiança para divididas no trabalho de campo mais apertado e, consequentemente, mais contato. Aos poucos, porém, foi se soltando. Na segunda etapa do treino, inclusive, marcou um golaço ao driblar Jean. Sua equipe foi a melhor nesse período, com Bruno Alves, Araruna e Brenner.

Por fim, na atividade final, disputada por três times de oito atletas, Helinho seguiu com boa movimentação, embora tenha recebido a concorrência de outros garotos. Antony e a novidade Toró, que treinou com os profissionais pelo segundo dia seguido, deram trabalho para os mais velhos atuando abertos pelas pontas. O primeiro marcou dois gols, enquanto o segundo deu belo cruzamento para Shaylon fazer de cabeça. 

Aguirre mais uma vez não pôde contar com o lateral-esquerdo Reinaldo, que está com forte gripe, e os atacantes Joao Rojas e Everton Felipe, que tratam lesões de joelho.  O trio pelo menos escapou da invasão de pequenos insetos, que formaram diversas nuvens sobre os gramados do CT. Jornalistas, atletas e comissão técnica tiveram trabalho para tentar espantá-los e acabaram fracassando. 

Mais um passo

Everton novamente foi a campo, um pouco mais cedo do que o restante do grupo. Ele treinou desta vez com o preparador físico Henrique Martins, o que mostra avanço na recuperação da lesão muscular na coxa esquerda que o afastou dos gramados desde 6 de outubro. Sua participação no confronto com o Flamengo é incerta.

Esporte