PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Pedro brilha, mas faz Abel temer novo "efeito Richarlison" no Fluminense

Do UOL, em São Paulo

23/04/2018 04h00

O Fluminense é um time recheado de jovens, muitos deles vindos das categorias de base. A característica do atual elenco surgiu como solução pelos problemas financeiros do clube, o que impossibilita a contratação de jogadores caros. Porém, quanto mais os novos atletas brilham com a camisa tricolor, mais o técnico Abel Braga se preocupa com o assédio de outros times.

Na partida do último domingo (22), Pedro se destacou e fez o gol da vitória por 1 a 0 contra o Cruzeiro, no Maracanã, após os cariocas estarem com um a menos desde o primeiro tempo - Gilberto foi expulso aos 14 minutos. O atacante de 20 anos vive bom momento, veste a camisa 9 do Flu e é o artilheiro da equipe na temporada com nove gols.

Depois do jogo, Abel foi questionado sobre a possibilidade de perder jovens como Pedro na janela de transferência do meio do ano e não escondeu a inquietação.

"Fico satisfeito por eles, mas é o momento de o clube ter força. Se isso acontecer, com toda a dificuldade financeira que tem, precisa vender melhor. E a gente não consegue fazer isso, pois está frágil", afirmou o treinador.

O técnico lembrou de Richarlison, negociado com o Watford, da Inglaterra, por 11 milhões de libras (R$ 52,6 milhões na cotação atual) no início da temporada 2017/2018. Agora, o atacante já é alvo de gigantes europeus, entre eles o Manchester United. De acordo com o jornal Daily Mail, o clube estaria disposto a desembolsar 40 milhões de euros (mais de R$ 190 milhões em valores atuais) pelo brasileiro.

"É só ver o caso do Richarlison. A gente vendeu ele por 10 milhões e agora já tem notícia de que pode ser vendido por 40 milhões”, finalizou Abel.

Esporte