PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Meia do Galo de 1,65m brinca após gol no clássico: "meu forte é o cabeceio"

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

22/10/2017 20h26

O venezuelano Romulo Otero é o jogador mais baixo do Atlético-MG. De acordo com a ficha do camisa 11, ele tem apenas 1,65m de altura. Apesar de baixinho, foi de cabeça que ele marcou o gol que iniciou a virada atleticana no clássico com o Cruzeiro. De cabeça, aos 15 minutos do segundo, Otero fez o primeiro dos três gols do Galo.

Esse foi o segundo gol de Otero de cabeça pelo Atlético. O primeiro foi na 24ª rodada, no empate em 1 a 1 com o Avaí. Após cruzamento de Marcos Rocha, o camisa 11 que havia saído do banco de reservas usou a cabeça para empatar. Com o segundo gol de cabeça em pouco mais de um mês, Otero brincou com a situação.

Conhecido por ser um bom bater de faltas, seja perto da área ou até mesmo de longe, o venezuelano garante que sua especialidade é mesmo fazer gols de cabeça.

“Eu já falei que meu forte não é a bola parada, meu forte é o cabeceio mesmo. São dois gols de cabeça neste Campeonato Brasileiro e até já estou acreditando que sou bom mesmo”, brincou Otero, que mede 1,65m.

Com o gol no clássico, Otero chegou a 12 com a camisa do Atlético. O venezuelano chegou à Cidade do Galo em julho do ano passado e já disputou 65 partidas. Nesta temporada são nove gols anotados.

Esporte