PUBLICIDADE
Topo

Surfe 360°

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Tops estreiam e um surfista da casa faz a festa dos locais em Saquarema

Surfista da casa, Arthur Máximo saiu do mar carregado pela torcida local - WSL
Surfista da casa, Arthur Máximo saiu do mar carregado pela torcida local Imagem: WSL
Conteúdo exclusivo para assinantes
Thiago Blum

É jornalista esportivo desde 1992, mas acompanha o surfe há quatro décadas. Trabalhou por 19 anos na ESPN e atualmente é editor de esportes do Jornal da Band. Cobriu cinco Copas do Mundo e cinco edições dos Jogos Olímpicos.

Colunista do UOL

18/11/2021 00h13

Foi mais um dia cheio e especial no templo de Saquarema. Que não por acaso, é chamado de 'Maracanã do Surfe'.

O terceiro dia do festival do litoral do Rio de Janeiro teve um pouquinho de tudo: estreia da chave feminina, tops famosos no mar e um momento mágico, protagonizado por um atleta do pico.

Arthur Máximo incendiou a torcida na Praia de Itaúna, com uma vitória emocionante.

O discípulo de Leo Neves, bicampeão brasileiro e homenageado no evento, deixou o favorito Yago Dora em 2º, e eliminou Mateus Herdy e Krystian Kymerson, com os recordes do dia do QS 3 mil masculino.

Emocionado, saiu da água carregado pela torcida local.

Maximo - WSL - WSL
Arthur Máximo, durante a 3ª fase do Saquarema Surf Festival
Imagem: WSL

Leo Neves, ídolo dele, faleceu em 2019 enquanto disputava uma bateria de um evento local, nas mesmas ondas da Praia de Itaúna.

"Quanto eu estava lá no outside, depois que todo mundo saiu no fim da bateria, só pensei que essa bateria era para o Leo. Não tenho nem palavras. O cara é o meu ídolo, o campeonato é dele e eu vou surfar pra ele. Só quem estava aqui naquele dia do acontecimento, sabe como é que foi. Eu vi a pior cena da minha vida. Era o meu ídolo ali e não tenho nem palavras para descrever".

A festa da galera foi completa, já que Raoni Monteiro, outro ídolo da cidade, está garantido entre os 32 finalistas do evento.

Entre os mais famosos, Caio Ibelli e Ian Gouveia foram eliminados. Já Alex Ribeiro, Alejo Muniz e Willian Cardoso iniciaram a campanha com performances sólidas e avançaram.

Nesta quinta, destaque para as estreias dos convidados e campeões mundiais Adriano de Souza e Lucas Chumbo. Ambos estão na 1ª bateria do dia, a de número 9 do 'round of 64'.

alex - WSL - WSL
Alex Ribeiro estreou com vitória em Saquarema
Imagem: WSL

A quarta-feira também foi das mulheres.

Lideradas pela veterana Silvana Lima - dona do maior somatória da chave com 12,75 - foram definidas as 16 classificadas para o round 2.

A nova geração marcou presença, com as vitórias de Tainá Hinckel, Summer Macedo e Sophia Medina.

Destaque também para a catarinense Laura Raupp.

Embalada pelo título de domingo na Praia Mole, em Florianópolis, a catarinense avançou com a segunda colocação, atrás de Sol Carrion outra novata que faz a primeira temporada no QS.

Summer - WSL - WSL
Summer Macedo, uma das vitoriosas no dia de estreia do QS 3 mil feminino
Imagem: WSL

Além das segundas etapas seguidas do WSL Qualifying Series no Brasil, o `Saquarema Surf Festival' vai decidir quatro títulos sul-americanos da WSL Latin America.

Os da categoria Longboard podem ser definidos já nesta quinta-feira, dependendo das condições do mar. Caso não estejam favoráveis, os campeões do Longboard serão conhecidos na sexta-feira.

Entre os classificados para as quartas de final estão os atuais campeões, a brasileira Chloe Calmon e o peruano Piccolo Clemente.

sophia - WSL - WSL
Sophia Medina venceu a bateria de estreia e está entre as 16 finalistas
Imagem: WSL

No Pro Junior Sub-20, a categoria nem foi iniciada e a previsão é de que esses títulos só saiam no domingo decisivo, último dia do torneio. São 32 competidores divididos em oito baterias na categoria masculina e 16 na feminina em quatro confrontos. Os dois e as duas melhores em cada, avançam para a segunda fase.

Eduardo Motta - campeão do QS 3 mil de Floripa no último final de semana - é um dos favoritos. Assim como Ryan Kainalo, campeão do 'Rip Curl Grom Search' realizado na piscina da Praia da Grama, e semifinalista no QS 5 mil dos Açores, em Portugal.

Ambos disputam também a chave principal nas poderosas e famosas ondas de Itaúna.

O mesmo acontece entre as meninas, com Sophia Medina, Tainá Hinckel e Laura Raupp dobrando as participações.

por @thiago+blum / @surf360_