PUBLICIDADE
Topo

Surfe 360°

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Brasil volta a receber etapas da WSL; 2 eventos confirmados para novembro

Conteúdo exclusivo para assinantes
Thiago Blum

É jornalista esportivo desde 1992, mas acompanha o surfe há quatro décadas. Trabalhou por 19 anos na ESPN e atualmente é editor de esportes do Jornal da Band. Cobriu cinco Copas do Mundo e cinco edições dos Jogos Olímpicos.

Colunista do UOL

29/09/2021 19h08

O Brasil é o país que mais leva torcida à praia nos eventos de surfe.

E o reencontro de fãs e atletas, agora tem data marcada.

A WSL Latin America confirma duas etapas seguidas do Qualifying Series ainda esse ano. As duas marcadas para cidades tradicionais do esporte, e que vão contar pontos para os primeiros rankings regionais de 2021-2022.

A primeira parada será em Florianópolis, com o 'Layback Floripa Pro', na Praia Mole - nos dias 10 a 14 de novembro, com etapas do QS 3000 masculino e QS 1000 feminino.

Em seguida, o tour segue para o RJ, com o 'Saquarema Surf Festival' - de 15 a 21, com eventos do QS 3000, Pro Junior e Longboard, todos combinados para homens e mulheres.

Praia Mole - divulgação - divulgação
Praia Mole, Florianópolis
Imagem: divulgação

"É com alegria que anunciamos dois novos eventos no Brasil, muito importantes para os surfistas brasileiros e de outros países da América do Sul, buscarem classificações para disputarem vagas para o CT no Challenger Series e os títulos mundiais do Pro Junior e Longboard. "Serão os primeiros eventos no Brasil após a pandemia e o surfe brasileiro vive um momento especial, único, com a medalha de ouro conquistada pelo Italo Ferreira nas Olimpíadas e pelo tricampeonato mundial do Gabriel Medina, na segunda decisão de título consecutiva entre brasileiros. Agora, é a chance de novos talentos mostrarem seu valor para fazerem parte desta história", disse Ivan Martinho, CEO da WSL Latin America.

A última etapa do WQS disputada na Praia Mole aconteceu em 2010. Já a capital catarinense, é a cidade brasileira que mais sediou etapas do QS: 27, do total de 140 realizadas desde 1992. A última foi em 2016 na Joaquina, comemorativa aos 30 anos do primeiro 'Hang Loose Pro Contest', em 1986.

Já Saquarema, tem recebido os melhores surfistas do mundo desde 2017./ Por causa da pandemia, as ondas de lá não receberam a etapa brasileira do CT em 2020 e 2021.