PUBLICIDADE
Topo

Saque e Voleio

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Nadal eleva nível, bate freguês russo e vai às oitavas no Australian Open

Reuters
Imagem: Reuters
Alexandre Cossenza

Alexandre Cossenza é bacharel em direito e largou os tribunais para abraçar o jornalismo. Passou por redações grandes, cobre tênis profissionalmente há oito anos e também escreve sobre futebol. Já bateu bola com Nadal e Federer e acredita que é possível apreciar ambos em medidas iguais. Contato: ac@cossenza.org

Colunista do UOL

21/01/2022 10h16

Antes desta sexta-feira, Rafael Nadal e Karen Khachanov haviam duelado sete vezes, com sete vitórias do ex-número 1 do mundo e apenas um set vencido pelo russo. Não foi muito diferente hoje, na Rod Laver Arena, valendo uma vaga nas oitavas de final do Australian Open. Jogando seu melhor tênis da semana e elevando o nível no momento mais delicado do duelo, Rafa novamente superou Karen, fez 6/3, 6/2, 3/6 e 6/1 e garantiu seu lugar na quarta fase em Melbourne pela 15ª vez na carreira.

Atual número 5 do mundo, o veterano de 35 anos vem fazendo um belo início de temporada - sobretudo considerando que Rafa não competia desde agosto, quando se afastou do circuito para tratar uma lesão crônica no pé. Em 2022, ele já soma seis vitórias (sem nenhuma derrota) consecutivas e o título do ATP 250 de Melbourne, disputado na primeira semana do ano.

Na próxima rodada, Nadal medirá forças com o vencedor do jogo entre o russo Aslan Karatsev (#15 do mundo), semifinalista do Australian Open no ano passado, e o francês Adrian Mannarino (#69). O espanhol segue favoritíssimo para alcançar pelo menos as quartas, fase em que deve ter pela frente o alemão Alexander Zverev, número 3 do ranking.

Como aconteceu

Desde o primeiro set, Nadal foi superior sobretudo em dois aspectos: aproveitamento nos games de serviço e pontos vencidos em ralis do fundo de quadra. Quando Khachanov não conseguia um saque bom o bastante para colocá-lo em vantagem nos ralis, tornava-se presa fácil para a solidez e a construção de pontos do espanhol. Rafa conseguiu uma quebra já no segundo game e, depois disso, manteve a vantagem até fazer 6/3 no primeiro set. O espanhol só perdeu um ponto com o saque em toda a parcial. Foram 20 pontos vencidos em 21 disputados.

Khachanov conseguiu incomodar um pouco mais o serviço de Nadal no segundo set, mas não aproveitou o único break point que conquistou e pagou caro por isso. Rafa anotou quebras no primeiro e no quinto games e fez 6/2. O veterano tinha o controle do jogo, mas bobeou e viu Khachanov reagir com força. Foi no quarto game do terceiro set, quando Rafa chegou a sacar em 40/0, mas cometeu seguidos erros - inclusive um voleio não tão complicado - e acabou cedendo a quebra. No game seguinte, o russo salvou três break points, confirmou o serviço e abriu 4/1, ganhando mais moral. Depois disso, mostrou-se mais sólido do fundo e venceu seus games de serviço restantes até fazer 6/3.

O começo do quarto set viu Nadal dar uma resposta de altíssimo nível. Já no segundo game, Rafa chegou a uma quebra após três pontos espetaculares: primeiro, um forehand indefensável do fundo da quadra; depois, duas defesas incríveis em um ponto que terminou com erro de Khachanov; por último, no break point, uma passada de backhand na corrida enquanto o oponente subia à rede (veja acima). Uma sequência que não só colocou Rafa em vantagem, mas pareceu ter abalado o ânimo de Khachanov.

Como se não bastasse, a história se repetiu no sexto game. Diante de um break point, Khachanov subiu à rede novamente, mas desta vez no forehand da Nadal. O espanhol fez outra passada espetacular - agora na cruzada - para quebrar o saque do russo mais uma vez e abrir 5/1. Foi, na prática, o match point.

.

Quer saber mais? Conheça o programa de financiamento coletivo do Saque e Voleio e torne-se um apoiador. Com pelo menos R$ 15 mensais, apoiadores têm acesso a conteúdo exclusivo (newsletter, podcast e Saque e Voleio TV), lives restritas a apoiadores, além de ingresso em grupo de bate-papo no Telegram, participação no Circuito dos Palpitões e promoções imperdíveis como esta.

Acompanhe o Saque e Voleio no Twitter, no Facebook e no Instagram.