PUBLICIDADE
Topo

Rodrigo Coutinho

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Coutinho: Murilo é mais uma ação certeira do Palmeiras no mercado

Murilo Cerqueira, que estava no Lokomotiv-RUS, é o novo reforço para a zaga do Palmeiras - Divulgação
Murilo Cerqueira, que estava no Lokomotiv-RUS, é o novo reforço para a zaga do Palmeiras Imagem: Divulgação
Conteúdo exclusivo para assinantes
Rodrigo Coutinho

Rodrigo Coutinho é jornalista e analista de desempenho. Acredita que é possível abordar o futebol de forma aprofundada e com linguagem acessível a todos.

Colunista do UOL

13/01/2022 04h00

Depois de esbarrar em problemas médicos para contratar Huerta, zagueiro da Universidad Católica, o Palmeiras anunciou o repatriamento de Murilo, bicampeão da Copa do Brasil pelo Cruzeiro. São defensores com características um pouco diferentes, e talvez o novo reforço não ofereça tanta criatividade nas saídas de bola. A proteção de área alviverde, porém, ganhou um bom acréscimo.

Negociado pela Raposa em 2019, Murilo passou as duas últimas temporadas e meia vestindo a camisa do Lokomotiv Moscou. Venceu uma Supertaça e uma Taça da Rússia por lá, teve bons períodos como titular e outros como reserva imediato da zaga, mas sempre foi um jogador importante para o clube cinco vezes campeão nacional. Iniciou 62 das 70 partidas feitas no time principal.

01 - Fonte: Opta - Fonte: Opta
Números de Murilo na atual temporada russa
Imagem: Fonte: Opta

Antes, ainda no Cruzeiro, clube que o revelou em 2017, chegou aos profissionais nas mãos de Mano Menezes, e demorou poucos meses até assumir a condição de titular com apenas 20 anos. Participou dos principais momentos do título da Copa do Brasil conquistado em cima do Flamengo, mas perdeu espaço com a recuperação de Dedé em 2018. Fez só 20 partidas naquela temporada.

Mesmo sem mudar o seu status no elenco cruzeirense, foi negociado com os russos por R$ 11 milhões em junho de 2019. É destro e joga preferencialmente pelo lado direito da defesa, mas atuou pela esquerda em alguns momentos no Lokomotiv, principalmente quando formava a dupla de zaga com o russo Magkeev. Já quando Pablo, ex-Corinthians, era o seu parceiro, ia para a direita.

A principal característica dele é o bom posicionamento para defender cruzamentos e bloquear passes ou finalizações. Já tinha isso no Cruzeiro, e melhorou com o amadurecimento natural nos profissionais. É eficiente na bola aérea e possui ótimo senso de urgência. Não enfeita e não brinca em situações de perigo. Rebate e afasta.

Isso não quer dizer que não seja um zagueiro de boa técnica. Por mais que não ofereça uma saída tão pródiga quanto Huerta poderia fazer, também não compromete. Possui controle de bola de ótimo nível para um zagueiro, faz algumas conduções mais longas esperando algum companheiro se desmarcar para receber, e costuma fazer boas escolhas assim.

Pode ousar mais, ter tranquilidade para encaixar um passe vertical rasteiro quando está sob pressão. Outra questão em que precisa melhorar é a firmeza nos duelos. Oscila neste aspecto, principalmente longe da área, algo que liga o alerta quanto a não fazer perseguições longas para acompanhar os atacantes. Por não ser um defensor rápido, precisa jogar mais posicionado.

imposição - Rodrigo Coutinho - Rodrigo Coutinho
Imposição nas bolas aéreas
Imagem: Rodrigo Coutinho

Chama a atenção também o número de gols marcados por Murilo na sua última temporada completa no time russo, 2020/2021. Balançou as redes cinco vezes em 29 jogos. Mais uma arma para as bem trabalhadas bolas aéreas ofensivas do Verdão.

03 - Rodrigo Coutinho - Rodrigo Coutinho
Proteção eficaz no ''funil'', impedindo finalizações e fazendo boas intervenções
Imagem: Rodrigo Coutinho

Murilo provavelmente não chega com status de titular, mas pode conquistar espaço ao lado de Gustavo Gómez se aproveitar as oportunidades. Será inicialmente uma bela ''sombra'' para Luan e um reserva confiável, algo que nem sempre Kuscevic e Renan conseguiram ser. Boa composição de grupo para Abel Ferreira.