PUBLICIDADE
Topo

Rodolfo Rodrigues

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Argentina tem 8 técnicos nas oitavas da Libertadores, e Brasil só Felipão

O técnico Juan Pablo Vojvoda comanda o Fortaleza no confronto contra o River Plate, no Monumental, pela Libertadores 2022. 13/04/2022 - JUAN MABROMATA/AFP
O técnico Juan Pablo Vojvoda comanda o Fortaleza no confronto contra o River Plate, no Monumental, pela Libertadores 2022. 13/04/2022 Imagem: JUAN MABROMATA/AFP
Conteúdo exclusivo para assinantes
Rodolfo Rodrigues

Rodolfo Rodrigues é apaixonado por números e estatísticas no futebol. Foi repórter do Lance!, editor da Placar e do prêmio Bola de Prata ESPN e é autor de dez livros sobre futebol.

Colunista do UOL

28/05/2022 04h00

Dos clubes 16 classificados às oitavas de final da Copa Libertadores 2022, metade tem técnicos argentinos no comando das equipes. Entre eles, dois entre os times do Brasil: Juan Pablo Vojvoda (Fortaleza) e Antonio Mohamed (Atlético-MG). Outro país com bastante representantes é Portugal, com quatro treinadores. Brasil (com Felipão no Athletico-PR), Colômbia, Paraguai e Espanha têm um técnico cada.

Vale lembrar que as últimas três edições da Libertadores foram vencidas por técnicos portugueses: Jorge Jesus, com o Flamengo, em 2019, e Abel Ferreira, com o Palmeiras, em 2020 e 2021. Renato Gaúcho, em 2017, foi o último brasileiro campeão da Libertadores. Em 2018, o argentino Marcelo Gallardo ficou o título com o River Plate.

Além dos três times brasileiros (Flamengo, Corinthians e Palmeiras), outro clube com técnico português é o Tallares, da Argentina, com Pedro Caixinha. O espanhol Ismael Rescalvo, do Emelec, é o outro europeu na disputa da Libertadores 2022 ainda.

Nacionalidade dos técnicos nas oitavas da Libertadores 2022:
- River Plate (Marcelo Gallardo, argentino)
- Vélez Sarsfield (Julio Vaccari, argentino)
- Estudiantes (Ricardo Zielinski, argentino)
- Colón (Julio César Falcioni, argentino)
- Boca Juniors (Sebastián Battaglia, argentino)
- Atlético-MG (António Mohamed, argentino)
- Libertad (Daniel Garnero, argentino)
- Fortaleza (Juan Pablo Vojvoda, argentino)
- Talleres (Pedro Caixinha, português)
- Corinthians (Vítor Pereira, português)
- Palmeiras (Abel Ferreira, português)
- Flamengo (Paulo Sousa, português)
- Athletico-PR (Felipão, brasileiro)
- Cerro Porteño (Francisco Arce, paraguaio)
- Tolima (Hernán Torres, colombiano)
- Emelec (Ismael Rescalvo, espanhol)

Siga Rodolfo Rodrigues no Instagram

Siga Rodolfo Rodrigues no Twitter