PUBLICIDADE
Topo

Keno é o 8º jogador a marcar 3 gols em dois jogos seguidos no Brasileirão

Keno, atacante do Atlético-MG comemora um dos 3 gols contra o Grêmio no Mineirão - Pedro Souza/Atlético-MG
Keno, atacante do Atlético-MG comemora um dos 3 gols contra o Grêmio no Mineirão Imagem: Pedro Souza/Atlético-MG
Rodolfo Rodrigues

Rodolfo Rodrigues é apaixonado por números e estatísticas no futebol. Foi repórter do Lance!, editor da Placar e do prêmio Bola de Prata ESPN e é autor de dez livros sobre futebol.

27/09/2020 11h42

Autor dos 3 gols da vitória do líder Atlético-MG sobre o Grêmio nesse sábado (26), o atacante Keno repetiu a dose da semana passada, quando também fez 3 gols na vitória do Galo sobre o Atlético-GO por 4 x 3 em Goiânia.

Na história do Brasileirão, desde 1971, apenas outros sete jogadores conseguiram essa façanha de marcar 3 gols em dois jogos consecutivos: Bira (Internacional em 1982), Chicão (Ponte Preta em 1986), Claudinho (Vitória em 1993), Dodô (São Paulo em 1997), Alex Mineiro (Athletico-PR em 2001), Romário (Vasco em 2001) e Fred (Fluminense em 2011).

Dodô, em 1997, marcou 5 gols contra o União São João e no jogo seguinte fez mais 3 no América-RN. Naquele ano, o então atacante do São Paulo já havia feito 5 gols em outro jogo ainda, contra o Cruzeiro. Já Fred, em 2011, anotou 3 gols contra o Figueirense e depois 4 gols contra o Grêmio no jogo seguinte.

Outra curiosidade dessa sequência de 3 gols em 2 jogos é do ex-atacante Alex Mineiro, que em 2002 marcou 3 gols na semifinal contra o Fluminense e depois mais 3 gols na primeira final contra o São Caetano.

Veja a lista dos jogadores que marcaram 3 gols em 2 jogos consecutivos na história do Brasileirão (1971-2020):

Você pode me encontrar também no twitter (@rodolfo1975) ou no Instagram (futebol_em_numeros)

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.