PUBLICIDADE
Topo

Paulo Anshowinhas

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Luizinho e Raicca vencem brasileiro de skate park e nova geração se destaca

Skatista Raicca Ventura, de 14 anos durante etapa do brasileiro em Criciúma - Julio Detefon/ CBSK
Skatista Raicca Ventura, de 14 anos durante etapa do brasileiro em Criciúma Imagem: Julio Detefon/ CBSK
Conteúdo exclusivo para assinantes
Paulo Anshowinhas

Paulo Anshowinhas é skatista pioneiro, jornalista, radialista e comunicador. Foi juiz do Mundial de skate da Alemanha, chefe da delegação no Mundial do Canadá, comentarista do X Games e fundador da revista Yeah! Skate is my life.

Colunista do Uol

23/01/2022 12h21

O skatista paulista Luiz Francisco, o Luizinho, de 21 anos, foi o grande vencedor do STU National, primeira etapa do circuito brasileiro na modalidade park, realizada neste domingo em Criciúma (SC), sob um sol muito forte, de 34 graus.

A experiência de Luizinho que foi quarto colocado nos Jogos Olímpicos de Tóquio, fez a diferença com uma rotina completa sem erros, com manobras de alto impacto e com muita altura, o que auxiliou a vitória em uma disputa acirradíssima entre os skatistas da nova geração.

"Eu passei a semana andando no street, e tinha de continuar lutando para continuar e não desistir. Todo mundo quer fazer o seu melhor para vencer", declarou no final Luizinho referindo-se à possibilidade de parar de andar e desistir de tentar competir nas Olimpíadas da França em 2024.

Luiz Francisco - Julio Detefon/ CBSK - Julio Detefon/ CBSK
Skatista Luiz Francisco campeão da primeira etapa do brasileiro em Criciúma
Imagem: Julio Detefon/ CBSK

Luizinho participou na semana passada da etapa de street do STU National, também em Criciúma, e ficou na nova colocação que lhe impediu de chegar as finais, e deu uma desanimada em sua atuação.

Apesar de ter sido o melhor do dia, Luizinho não foi unanimidade nessa competição, mesmo com seu grande desempenho, o altíssimo nível de skatistas da nova geração animou muito o público como o curitibano Augusto Akio, de 21 anos, segundo colocado, que para relaxar fazia malabarismos com bolas antes de suas apresentações.

O catarinense Pedro Carvalho, de 16 anos, que ficou em terceiro lugar também estava na disputa, e caso tivesse completado sua última volta sem erros teria ficado entre os dois primeiros.

gui khury - Julio Detefon/ CBSK - Julio Detefon/ CBSK
O skatista prodígio Gui Khury uma das revelações do skate brasileiro
Imagem: Julio Detefon/ CBSK

Outra disputa emocionante ficou entre o catarinense Kalani Konig, de 14 anos, e o medalhista de ouro do X Games, recordistas de giros com um aerial 1080, Gui Khuri de apenas 13 anos, que terminou em quinto lugar, mas que fez uma rotina impressionante com dois 540 graus e tinha nível para estar entre os top 3 no park.

Das estrelas olímpicas apenas Luizinho consegue se destacar.

Com a desistência do medalhista olímpico prateado Pedro Barros, que alegou precisar dar um tempo depois da maratona de eventos e uma queda de cabeça que o levou para o hospital no Rio de Janeiro, lembrou a situação semelhante da ginasta Simone Biles nas Olimpíadas - que era franca favorita, e escolheu não entrar nas provas, Pedro fez o mesmo e optou por não competir.

Outro skatista olímpico que esteve nas eliminatórias em Criciúma, Pedro Quintas, oitavo colocado em Tóquio, andou bem, mas não conseguiu se classificar e teve de se contentar com o nono lugar na etapa.

No feminino, a paulista Raicca Ventura é campeã mesmo com o braço quebrado

Nem mesmo uma "trombada" perigosa com a skatista Dora Varella, que ocasionou uma transferência para o hospital durante as eliminatórias, conseguiu abalar a excelente performance da skatista paulista Raicca Ventura Oliveira, que venceu sem dificuldades a primeira etapa do park do STU National.

Raicca, de 14 anos, faz parte da nova geração de skatistas brasileiras de park, e correu as finais com braço esquerdo imobilizado devido a uma fratura decorrente da queda do dia anterior.

Mas mesmo essa lesão não a impediu de ganhar o primeiro lugar no pódio com uma ampla vantagem em relação as demais concorrentes, já que na primeira volta já obteve 50,33 pontos, ampliou para 51,73 e não deu espaço para mais ninguém.

Raicca é treinada pelo skatista veterano Cristiano Matheus, professor da Escola Brasileira de Skate, e que foi técnico da seleção chilena durante as Olimpíadas, está muito bem assessorada e fez uma prova impecável nas finais, mostrando que está um nível acima das demais competidoras.

Duas catarinenses também conseguiram pódio, a skatista olímpica de park em Tóquio, Isadora Pacheco de 16 anos conquistou o segundo lugar, e nas últimas voltas chegou a ameaçar a Raicca, e a revelação Erica Leguizamon, chegou em terceiro.