Topo
OPINIÃO

O Verdão deixou o SP comendo poeira e é o maior brasileiro da Libertadores

Abel Ferreira e Maurício Galiotte com a taça do Palmeiras de campeão da Libertadores 2021 Imagem: Cesar Greco/Palmeiras
só para assinantes
Milton Neves

30/06/2022 14h14

Teve um tempo que, quando se falava em Libertadores aqui no Brasil, todo mundo logo pensava no São Paulo Futebol Clube.

E justamente!

Afinal, foi o maravilhoso time de Telê que ajudou a popularizar o torneio aqui no nosso país.

Antes disso, os times se preocupavam mais em ganhar um Estadual do que entrar para valer na competição organizada pela Conmebol.

E, claro, o título de 2005 contribuiu ainda mais para fortalecer tal fama do Tricolor paulista.

Mas o tempo passou, a maré virou, o São Paulo deixou de disputar todo ano a Libertadores e, como que num passe de mágica, o time do Morumbi já não é mais o maior brasileiro do torneio.

Foi engolido pelo Palmeiras, que decidiu disputar a Liberta com total sangue nos olhos desde a chegada de Abel Ferreira.

Não que o Verdão não tivesse história na competição antes do bi conquistado recentemente.

Já tinha levado a taça em 1999 e sido vice em três oportunidades, assim como o São Paulo.

Mas o Verdão agora leva vantagem no torneio diante do rival paulista pela maravilhosa campanha feita até aqui em 2022.

Goleada em cima de goleada e vaga nas quartas de final já garantida.

Quem mandou o Tricolor se apequenar tanto nos últimos tempos?

Agora está comendo poeira!

O Palmeiras até pode não ter Mundial.

Mas o maior brasileiro da Libertadores ele é!

Opine!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

O Verdão deixou o SP comendo poeira e é o maior brasileiro da Libertadores - UOL

Obs: Link e título da página são enviados automaticamente ao UOL


Blog do Milton Neves