PUBLICIDADE
Topo

Gabriel Vaquer

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Band fecha novo patrocinador e já consegue R$ 40 milhões com Fórmula 1

Reprodução
Imagem: Reprodução
Gabriel Vaquer

Gabriel Vaquer cobre mídia esportiva desde 2014. No UOL Esporte, conta detalhes do evento onde seu time joga e onde seu profissional de TV esportiva favorito vai trabalhar.

Colunista do UOL

16/04/2021 18h18

A Band fechou nesta sexta-feira (16) mais um patrocinador para as transmissões da Fórmula 1 em TV aberta e TV por assinatura. Trata-se da empresa de eletroeletrônicos Philco. É a segunda cotista que assinará para patrocinar as corridas da temporada 2021, que se iniciaram em 28 de março. Com isso, o faturamento com a categoria no atual modelo já chega a R$ 40 milhões.

A coluna apurou que a entrega comercial para a Philco já começa neste fim de semana, com o Grande Prêmio de Emília-Romagna, com a transmissão do treino oficial para o grid de largada no sábado (17) e a corrida no domingo (18). A marca se junta à operadora de telefonia Claro, a única que comprou cotas desde o início da disputa.

Além do patrocínio na TV aberta, a Philco também vai aparecer no BandSports, o canal esportivo de TV por assinatura do Grupo Bandeirantes, que exibe os treinos livres da principal categoria de automobilismo do Brasil nas sextas e sábados. Além da nova patrocinadora, o departamento comercial da Band negocia de forma avançada com mais uma marca.

Ao todo, a Band colocou seis cotas no mercado publicitário pelo valor de R$ 20 milhões. O sistema de faturamento, que faz parte do contrato de transmissão entre Band e Liberty Media, prevê que as empresas dividam o lucro com anunciantes.

Ou seja, com duas cotas vendidas e arrecadação de R$ 40 milhões, a emissora e a empresa americana já faturaram R$ 20 milhões cada uma. Os bons resultados de audiência alcançados na estreia e a expectativa que o Ibope siga bom nas próximas corridas animam para atrair novos patrocinadores.

A previsão da operação total é que o alcance de faturamento chegue a R$ 120 milhões. Vale ressaltar que é normal que as emissoras concedam descontos em relação ao valor divulgado no plano comercial —a Globo costuma ser exceção. Em alguns casos, essas reduções chegam ao patamar de 80% a 90% do custo previsto em tabela.

Além da F1, a Band também transmite a Fórmula 2 e a Fórmula 3 no BandSports, seu canal esportivo na TV por assinatura. Os anunciantes da Fórmula 1 também aparecem nas duas categorias de acesso.