PUBLICIDADE
Topo

Gabriel Vaquer

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Audiência: abertura da F1 põe Band na briga por vice-liderança do Ibope

Band volta a transmitir a F1 com narração de Sérgio Maurício (dir.) e comentários de Reginaldo Leme e Felipe Giaffone - Reprodução
Band volta a transmitir a F1 com narração de Sérgio Maurício (dir.) e comentários de Reginaldo Leme e Felipe Giaffone Imagem: Reprodução
Gabriel Vaquer

Gabriel Vaquer cobre mídia esportiva desde 2014. No UOL Esporte, conta detalhes do evento onde seu time joga e onde seu profissional de TV esportiva favorito vai trabalhar.

28/03/2021 13h19Atualizada em 29/03/2021 19h25

A volta da Fórmula 1 à Band colocou a emissora na disputa pela vice-liderança do Ibope em São Paulo hoje (28) numa disputa com SBT e Record durante a primeira hora de transmissão do GP do Bahrein. Das 12h às 13h41 —horário da bandeirada final para Lewis Hamilton—, a emissora teve média de 5,1 pontos, contra 5,2 da terceira colocada Record e 6,8 do SBT, que terminou em segundo nesta faixa. A Globo, antiga casa da competição, liderou. A Globo liderou com 9,2 pontos.

A primeira corrida do Mundial de F1 2021 também deu à Band um pico de 6,2 pontos, que lhe valeu a terceira posição. Na primeira hora de transmissão, a prova deixou o canal em disputa bastante parelha também com o SBT, que acabou abrindo vantagem na segunda metade, para se consolidar na vice-liderança.

Os cinco pontos representam cinco vezes mais o que a Band havia conseguido no domingo passado, com transmissão ao vivo do Campeonato Alemão. A subida foi maior, então, do que o canal registrou ontem (27) com a transmissão do treino classificatório, na qual seu Ibope triplicou. Assim como aconteceu no treino, os picos da transmissão (na casa de seis pontos) da Band nesta primeira hora lhe valeram por alguns minutos a terceira posição, ultrapassando a Record.

O SBT ficou com a vice-liderança no período com a exibição do "Domingo Legal" com Celso Portiolli. A Record exibia a série "Todo Mundo Odeia o Chris" e a sessão de filmes "Cine Maior". A Globo liderou com o trecho final do "Esporte Espetacular" e com "Temperatura Máxima".