PUBLICIDADE
Topo

Gabriel Vaquer

NOTÍCIA

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

TV de Ratinho oferece quase R$ 5 milhões para mostrar Campeonato Paranaense

Guilherme Biro, do Coritiba, disputa bola com Carlos Eduardo, do Athletico - Gabriel Machado/AGIF
Guilherme Biro, do Coritiba, disputa bola com Carlos Eduardo, do Athletico Imagem: Gabriel Machado/AGIF
Gabriel Vaquer

Gabriel Vaquer cobre mídia esportiva desde 2014. No UOL Esporte, conta detalhes do evento onde seu time joga e onde seu profissional de TV esportiva favorito vai trabalhar.

17/02/2021 04h00

A Rede Massa, afiliada do SBT no Paraná que tem como dono o apresentador Ratinho, deve transmitir o Campeonato Paranaense de 2021. A empresa fez uma proposta de quase R$ 5 milhões, valor igual ao pago pela plataforma de streaming DAZN para transmitir o torneio no ano passado, e agradou a Federação Paranaense de Futebol (FPF) e os clubes. Por ser a única oferta concreta na mesa, a tendência é que o acordo seja confirmado em breve.

A coluna apurou que o valor proposto foi de R$ 400 mil para cada um dos times —em investimento total de R$ 4,8 milhões. Os três grandes do estado, Athletico, Coritiba e Paraná, consideraram o valor aceitável e devem assinar o contrato até a próxima sexta-feira (19). A Rede Massa quer uma resposta rápida para começar a vender as cotas de patrocínio.

Caso o contrato seja confirmado, o parceiro do SBT exibirá a competição pela primeira vez. O Paranaense estava sem dono de direitos de TV desde o ano passado, quando a DAZN abriu mão dos direitos de transmissão de 2021 e 2022 —uma cláusula contratual permitia a rescisão unilateral. Desde então, a Federação ofereceu o torneio para diversas empresas.

Band Paraná e a TV Paraná, mantida pelo governo estadual, foram procuradas e recusaram por conta dos valores. A Rede Massa quer aproveitar a retomada do futebol no SBT e entende que o Paranaense seria interessante para consolidar suas ações nesse contexto.

Com a Libertadores, o canal de Silvio Santos marcou primeiro lugar na audiência em Curitiba em algumas oportunidades. Na final entre Palmeiras x Santos, por exemplo, marcou 14 pontos de média e ganhou da Globo.

Além de transmissão em TV aberta, os clubes do Paraná também tentam resolver como funcionarão os direitos para streamings. O Athletico, por exemplo, quer exibir os jogos em sua plataforma própria, a Furacão Live.