PUBLICIDADE
Topo

André Rocha

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Merentiel pode até não dar certo, mas Palmeiras mostra como se faz

O Palmeiras anunciou a contratação do atacante Miguel Merentiel - Cesar Greco/Palmeiras
O Palmeiras anunciou a contratação do atacante Miguel Merentiel Imagem: Cesar Greco/Palmeiras
Conteúdo exclusivo para assinantes
André Rocha

André Rocha é jornalista, carioca e colunista do UOL. Trabalhou também para Globoesporte.com, Lance, ESPN Brasil, Esporte Interativo e Editora Grande Área. Coautor dos livros "1981" e "É Tetra". Acredita que futebol é mais que um jogo, mas o que acontece no campo é o que pauta todo o resto. Contato: anunesrocha@gmail.com

Colunista do UOL Esporte

19/05/2022 11h08

O Palmeiras teve 63% de posse de bola, 21 finalizações, 13 de dentro da área e sete no alvo. Mas foi às redes apenas com Danilo, em jogada de bola parada, na vitória sobre o Emelec que consolida a campanha 100% na fase de grupos da Libertadores.

Além do gol, foram pelo menos quatro grandes oportunidades desperdiçadas, repetindo no torneio continental a baixa efetividade que é mais presente no Brasileiro. Por isso a necessidade de um atacante com uma melhor relação finalizações/gols.

O clube fechou com Miguel Merentiel, contratado ao Defensa y Justicia, pagando 1,5 milhão de dólares por 80% dos direitos econômicos. Estará disponível em julho.

Uruguaio de 26 anos, marcou nove gols em 19 partidas pela equipe argentina na temporada, além de servir três assistências. Tem mobilidade e capacidade de atacar os espaços às costas das defesas adversárias. Por isso o River Plate estava de olho.

O Palmeiras chegou na frente. Com trabalho silencioso, da análise de desempenho estudando um nome dentro das características desejadas por Abel Ferreira e depois buscando o aval do treinador português. Como deve ser. A tendência é o clube buscar outro atleta, porém com mais características de centroavante, uma referência na área do oponente.

Merentiel pode até não dar certo, já que a adaptação a time, cidade e clube é sempre um mistério. Mas o "roteiro" para efetuar uma contratação diminuindo ao máximo a margem de erro foi cumprido por todos os agentes envolvidos.

O atual bicampeão sul-americano mostrou como se faz. Agora é fazer acontecer.