PUBLICIDADE
Topo

Corrida ilegal de carrinhos de rolimã coloca pessoas em risco na Imigrantes

Alessandro Reis

Do UOL, em São Paulo (SP)

13/07/2021 04h00

Vídeos de uma corrida de carrinhos de rolimã disputada em plena rodovia dos Imigrantes, uma das principais de São Paulo, viralizaram nas redes sociais nos últimos dias. Nas gravações, um grupo de "pilotos" é visto dentro de um túnel na descida da Serra do Mar, dividindo espaço com automóveis e arriscando a própria vida e a de terceiros.

De acordo com a Ecovias, que administra a Imigrantes, o episódio aconteceu na noite da quarta-feira passada (7). A concessionária acrescenta que, durante a travessia do túnel, uma viatura de inspeção fez escolta sinalizada, para prevenir acidentes.

Conforme a empresa, o mesmo veículo havia flagrado o grupo na altura do km 53 da rodovia, em São Bernardo do Campo, na Região Metropolitana da capital paulista, e o escoltou até o km 56, em Cubatão.

Lá, informa a concessionária, os participantes da corrida foram abordados antes de embarcarem em veículos que os aguardavam. A Ecovias informa, ainda, que comunicou o caso e repassou imagens da disputa, captadas por câmeras de segurança, à polícia.

UOL Carros questionou a Polícia Rodoviária Estadual sobre o caso, porém a corporação ainda não respondeu. Nossa reportagem também entrou em contato com o grupo Loucos por Ladeiras, que teria organizado a descida da serra nos carros de rolimã - prática esportiva conhecida como street sled. Uma representante do coletivo ficou de conversar com a reportagem, porém não o fez até agora.

Nas imagens às quais obtivemos acesso, os "pilotos" usam capacete e vão deitados de bruços sobre os carrinhos, alguns a alta velocidade. Em dado momento, chegam a bater entre si e quase perdem o controle.

De acordo com o advogado Marco Fabrício Vieira, membro do Cetran-SP (Conselho Estadual de Trânsito do Estado de São Paulo), o uso da rodovia para praticar street sled foi ilegal nesse caso, pois teria de ter havido autorização prévia "da autoridade com circunscrição da via", acompanhada do bloqueio total à circulação dos demais veículos durante a descida dos carrinhos de rolimã - o que não teria acontecido.

"O CTB [Código de Trânsito Brasileiro] não disciplina a utilização em vias públicas de equipamentos como rolimã, skate e patins. No entanto, ele determina que que os usuários devem se abster de todo ato que possa constituir perigo ou obstáculo para o trânsito de veículos, pessoas ou animais", pontua o especialista, autor do livro "Agente de Trânsito - Aspectos Jurídicos e Administrativos".

Vieira acrescenta que, além disso, os participantes da disputa podem sofrer penalidade prevista no Código Penal.

"Colocar a própria vida em risco, como fazem os atletas radicais de uma forma geral, não caracteriza infração ou crime. No entanto, quando a prática é realizada sem se observar as normas mínimas de segurança nem receber autorização do órgão competente, a história é bem diferente".

De acordo com o advogado, o grupo poderia ser enquadrado por crime de periclitação da vida e da saúde, previsto no Artigo 132 do Código Penal, que prevê pena de detenção de três meses a um um ano, isso se o fato não constituir crime ainda mais grave.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.