PUBLICIDADE
Topo

Americano frauda auxílio emergencial em R$ 11,1 mi para comprar Lamborghini

Lamborghini Urus - Divulgação
Lamborghini Urus Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo (SP)

30/11/2021 12h28

Um residente do estado norte-americano do Texas utilizou de maneira ilícita uma verba de US$ 1,6 milhão (cerca de R$ 11,1 milhões) lhe concedida pelo governo dos Estados Unidos através do Programa de Proteção a Pagamentos durante a parte mais incerta da pandemia, durante o ano de 2020. Cerca de US$ 2 trilhões foram distribuídos a pessoas em dificuldade.

Lee Price III, de 30 anos de idade, simplesmente utilizou o dinheiro para adquirir um Lamborghini Urus. O benefício foi conseguido devido ao fato de ele ter utilizado o nome de uma pessoa já falecida.

  • O UOL Carros agora está no TikTok! Acompanhe vídeos divertidos, lançamentos e curiosidades sobre o universo automotivo.

Ele teria falsificado despesas de três empresas diferentes, assim como a folha de pagamento e o número de funcionários de todas elas. Com uma investigação do governo, foi descoberto que tudo havia sido fraudado.

eua - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Além do Urus, ele ainda comprou uma Ford F-350 e um relógio Rolex. Price acabou se declarando culpado em julgamento e foi sentenciado a nove anos de cadeia. Apesar das compras, o governo ainda recuperou US$ 700 mil (R$ 3,9 milhões) dados a Price.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.