Topo

Na Garagem


Não foi só Lamborghini: veja o Mustang de 1.000 cv batido por Barrichello

Mustang 1000 BTS ocupou lugar de destaque no estande da Ford no Salão do Automóvel em 2018 - Divulgação
Mustang 1000 BTS ocupou lugar de destaque no estande da Ford no Salão do Automóvel em 2018
Imagem: Divulgação

Alessandro Reis

Do UOL, em São Paulo (SP)

04/10/2019 04h00

O Lamborghini Gallardo Super Trofeo não foi o único carro danificado durante gravação com Rubens Barrichello para o canal "Acelerados". Em abril passado, cerca de duas semanas após o acidente, o piloto danificou um Ford Mustang 1000 BTS na mesma pista do Autódromo Velo Città, no interior paulista. Com 1.000 cv de potência e preparação da BTS Performance, o carro foi uma das atrações no estande da Ford no Salão do Automóvel de São Paulo, em novembro de 2018.

Mustang foi customizado por encomenda da Ford para mais que dobrar a potência original - Eduardo Anizelli/ Folhapress
Mustang foi customizado por encomenda da Ford para mais que dobrar a potência original
Imagem: Eduardo Anizelli/ Folhapress

UOL Carros confirmou que o cupê já foi consertado, ficou em perfeitas condições e inclusive está de volta às pistas, participando regularmente de provas de arrancada, track days e outros eventos - além de chamar a atenção nas ruas, pois é homologado para rodar em vias públicas. Nesse meio tempo, trocou de mãos: pertencia à Ford e, após o acidente, foi adquirido pelo proprietário da BTS, que providenciou os reparos necessários.

Conforme apuração, o pessoal do "Acelerados" arcou com a mão de obra, enquanto o gasto com peças ficou a cargo do novo dono. Não tivemos acesso aos custos totais, mas recebemos o relato de que os danos foram pequenos, restritos a farol, lanterna e parte do para-lama, sem afetar a parte estrutural. Foram estragos bem menores que os do Lamborghini, cujo processo de restauração virou uma série de vídeos que o canal tem publicado regularmente no Youtube.

Exemplar único

Personalização durou cerca de 40 dias, feita com base em um Mustang GT Premium 2018 padrão - Eduardo Anizelli/ Folhapress
Personalização durou cerca de 40 dias, feita com base em um Mustang GT Premium 2018 padrão
Imagem: Eduardo Anizelli/ Folhapress

Enquanto o Gallardo foi adquirido por cerca de R$ 1,7 milhão pelo proprietário e teve apenas 150 unidades produzidas, das quais apenas três vieram ao Brasil, o Mustang 1000 BTS pode ser considerado um carro ainda mais exclusivo - dependendo do ponto de vista. Afinal, tem características únicas por conta da customização, feita sobre um Mustang GT 2018 Premium padrão.

Atualmente, a Ford vende o cupê pelo preço sugerido de R$ 315,9 mil, equipado com motor 5.0 V8 naturalmente aspirado, capaz de render 466 cv de potência e 56,7 kgfm de torque, com gerenciamento da transmissão automática de dez marchas. Traz de série equipamentos como painel digital em tela de 12 polegadas, seletor de modos de condução, sistema de som premium da Bang & Olufsen com 12 alto-falantes, incluindo subwoofer.

Biturbo

Mustang 1000 BTS pertencia à Ford, mas trocou de mãos após sofrer acidente, ser reparado e ficar como novo - Eduardo Anizelli/ Folhapress
Mustang 1000 BTS pertencia à Ford, mas trocou de mãos após sofrer acidente, ser reparado e ficar como novo
Imagem: Eduardo Anizelli/ Folhapress

Na preparação feita sob encomenda da Ford para divulgar o Mustang no Salão do Automóvel, os itens originais de tecnologia e conforto foram mantidos, enquanto o motor recebeu dois turbos para mais que dobrar a potência original. As tubulações dos turbos foram revestidas com manta térmica para lidar com a temperatura gerada pela potência extra.

O Mustang 1000 BTS também teve a carroceria alargada e ganhou kit aerodinâmico com saias laterais, spoiler dianteiro e aerofólio traseiro maiores e entradas de ar adicionais para resfriar os freios na dianteira.

Recebeu, ainda, pintura acetinada na cor cinza azulada, coberta por uma mistura de verniz fosco e brilhante. Peças como a grade dianteira exibem acabamento preto brilhante e os faróis trazem máscara em tom esverdeado. O valor da customização, que demandou cerca de 40 dias para ser concluído, não é divulgado.

UOL Carros entrou em contato com o canal "Acelerados", Barrichello e a Ford, abrindo espaço para se manifestarem a respeito do acidente, porém não obteve retorno até o momento.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.

Na Garagem