Topo

Testes e lançamentos


Novo Nissan Versa vem ao Brasil, mas produção fica para o México

Eugênio Augusto Brito

Do UOL, em São Paulo (SP)

2019-05-16T15:39:57

2019-05-16T17:01:13

16/05/2019 15h39Atualizada em 16/05/2019 17h01

Resumo da notícia

  • Estreia deve ser em 2021, com novo ciclo de investimentos no país
  • Versa atual, feito no Rio, pode ser mantido
  • Terceira geração do Versa terá rivais como VW Virtus
  • Versa atual tem chances de ser exportado para África e Oriente Médio
  • Novo March segue distante do país

Presidente para a Nissan América Latina desde o princípio deste ano, o argentino Guy Rodriguez deu sua primeira entrevista aos principais veículos automotivos do Brasil, conversa da qual UOL Carros participou. Além de falar sobre ciclo de investimentos, expectativa de crescimento para o mercado e a marca no país, exportações e eletrificação no Brasil, o executivo apontou que a nova geração do sedã compacto Versa, revelada nos Estados Unidos em abril, terá espaço no Brasil em breve. Não deve ser feito localmente, porém.

Ainda é incerta a data de lançamento do sedã, mas o mais provável é que o novo carro entre nos planos da Nissan do Brasil a partir de 2021, quando começa o novo ciclo de investimentos e produtos. Rodriguez sinalizou que o Versa de terceira geração deverá estrear no país importado do México -- desde março, vigora entre os dois países acordo de livre comércio para carros de passeio, sem cotas ou restrições. Tecnologia impediria, neste momento, a produção local.

"Como [Nissan] é uma marca global, nós temos essas diferentes oportunidades para aproveitar. Não temos anúncio para agora, mas [o Versa] é um carro importante, com ampliação de segmento. E, neste caso, possibilidades e acordos bilaterais ajudam a trazer as melhores tecnologias ao cliente", afirmou Rodriguez a UOL Carros.

Eugênio Augusto Brito, do UOL
Guy Rodriguez (ao centro), novo chairman da Nissan na América do Sul, e Marco Silva, presidente da filial brasileira Imagem: Eugênio Augusto Brito, do UOL

Versa é mais importante que March

O lançamento do novo Versa e outros produtos somente acontecerá com o início de novo ciclo de investimentos da Nissan no país, previsto justamente para 2021. Segundo o próprio Rodriguez, esse ciclo vai começar após o encerramento do aporte atual, cujo início teve como destaque a inauguração da fábrica em Resende (RJ), em abril de 2014, com investimento de R$ 2,6 bilhões e mais aporte secundário de R$ 750 milhões. Cada ciclo de investimentos tem duração aproximada de cinco anos.

Marco Silva, o presidente da Nissan do Brasil, complementou a fala do superior apontando que, diferentemente do novo March, já vendido na Europa e que ainda está distante daqui, o novo Versa é fundamental para brigar no Brasil no segmento dos sedãs compactos premium, em franco crescimento.

Mais sofisticado que o Versa atual, feito no RJ, o de nova geração virá para disputar clientes de modelos como Volkswagen Virtus, Honda City e Toyota Yaris Sedan, acima, portanto, do patamar de sedãs compactos de entrada. Mas o atual ainda é um modelo importante, sobretudo no mercado de vendas diretas e, também, para exportação, o que pode levar a uma convivência de gerações.

"O novo Versa é importante para nosso mercado, é um produto competitivo, diferente do March", aponta Silva.

Versa atual ainda tem planos

Marco Silva lembra que, especialmente no mercado de vendas diretas, o Versa nacional, feito no Rio de Janeiro, hoje é um carro muito importante para a Nissan, embora não faça tanto sucesso entre os clientes pessoa física. O executivo salienta que o sedã vende bem especialmente para motoristas de aplicativo, taxistas e locadoras, por conta do bom espaço interno, especialmente no porta-malas.

E tem mais: o Versa "antigo" também é estratégico no que se refere às exportações: é vendido para a Argentina e, desde o começo de 2019, para o Peru. É, ainda, um carro que está em estudo para ser exportado, junto ao Kicks, para dois países da África e também para o Oriente Médio.

O novo Versa traz tudo isso e mais tecnologia, além do design.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.

Avaliação: Nissan Kicks UCL vale os R$ 96 mil? Assista

UOL Carros

Mais Testes e lançamentos