Topo

Cultura do carro


Volkswagen Golf faz 45 anos e seguirá vivo no Brasil; confira

Ricardo Ribeiro, Eugênio Augusto Brito

Colaboração para o UOL, de Coimbra (Portugal); do UOL, em São Paulo (SP)

29/03/2019 00h01

Resumo da notícia

  • Volkswagen Golf chega aos 45 anos
  • Carro mais importante da marca vendeu 35 milhões de unidades no mundo
  • Desde 1974, um Golf é encomendado a cada 41 segundos
  • Oitava geração fará estreia global em 2020
  • Carro seguirá sendo vendido no Brasil, apesar da origem ser incerta

Volkswagen Golf, caro mais vendido na Europa atualmente e veículo de maior sucesso da marca alemã, chega aos 45 anos. Em 29 de março de 1974, a fábrica de Wolfsburg, na Alemanha, começava oficialmente a produção do sucessor do lendário Fusca. No mundo, o modelo acumula 35 milhões de unidades vendidas, superando seu antepassado, enquanto prepara a entrada em nova geração. No Brasil, seguirá sendo vendido, garantem executivos, mas produção local pode, sim, dar origem à importação.

"É impossível deixarmos de vender Golf e Passat, que são a imagem da Volkswagen. A origem pode até ser outra, mas estes modelos seguem em linha, pode ter certeza", afirmou Pablo di Si, presidente da Volkswagen para a América Latina e Brasil, durante estreia do T-Cross, que começa a ser produzido na mesma fábrica do Golf, em São José dos Pinhais (PR).

O SUV, aliás, pode ser o "algoz" de produção do hatch médio no Brasil. Se fizer muito sucesso, pode tomar espaço na fábrica do Golf, de fato.

Mas um indício de que o Golf segue vivo e ativo no Brasil, embora mude de perfil, está na confirmação de que a configuração híbrida começa a ser vendida ainda este ano. O Brasil receberá o Golf GTE, feito ainda na base da sétima geração, por importação.

Vale lembrar que o mercado brasileiro teve um longo e tenebroso inverno, sem receber as gerações 5 e 6 do Golf. Após a quarta geração, de 1997, a Volkswagen fez apenas algumas reestilizações, até o lançamento do Golf 7, em 2013. O modelo começou importado da Alemanha, depois do México, para só então ser nacionalizado.

Números do maior de todos os Volks

É como se um novo Golf fosse encomendado em algum lugar do planeta a cada 41 segundos, todos os dias, sem interrupção. Ou uma média de 780 mil veículos por ano.

"Em 1974, nossos funcionários enfrentavam o desafio de mudar do Fusca para o Golf. Desde então, continuamos a desenvolver constantemente nossa principal fábrica e hoje, além do Golf, produzimos o e-Golf, o Golf GTE, o Golf Sportsvan e três modelos adicionais em Wolfsburg", afirma Stefan Loth, gerente de fábrica.

Atualmente o modelo está na sétima geração, lançada em 2013. A esperada oitava geração sofreu atrasos e a apresentação deve ocorrer até o final deste ano, mas com vendas só em 2020.

"O Golf está no coração da nossa marca. Representa o progresso e a tecnologia como nenhum outro carro", disse Ralf Brandstätter, chefe de operações da Volkswagen, em comunicado sobre o aniversário.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode seguir os nossos posts e stories na nossa conta no Instagram.

Mais Cultura do carro