Topo

Seu Automóvel


Seu Automóvel

Leaf e Clio estreiam parceria com Microsoft por carros conectados

Nissan Leaf está em pré-venda no Brasil desde o fim do ano passado por R$ 178.400 - Divulgação
Nissan Leaf está em pré-venda no Brasil desde o fim do ano passado por R$ 178.400
Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo (SP)

21/03/2019 07h00

Resumo da notícia

  • Serviços "na nuvem" incluem previsão de manutenção
  • Nissan, Renault e Mitsubishi devem ter 90% dos veículos conectados em 2022
  • Dados dos veículos serão compartilhados com fabricantes
  • Tecnologia prevê condução autônoma

A aliança Renault-Nissan-Mitsubishi vai estrear a próxima geração de sua plataforma digital de carros conectados no fim de 2019 no elétrico Nissan Leaf e no reestilizado Renault Clio. Chamada de "Alliance Intelligent Cloud", a novidade permitirá aos motoristas dirigirem e usarem serviços em seus carros enquanto fornece dados para as fabricantes melhorarem seus sistemas de condução autônoma.

"Isso terá um impacto enorme na experiência do cliente", afirmou Kal Mos, vice-presidente global de veículos conectados da Renault-Nissan-Mitsubishi, à publicação "Automotive News". "Isso nos ajudará a projetar o carro com mais eficiência e melhor atender às necessidades dos clientes", completou. A tecnologia foi desenvolvida pelo grupo automotivo em parceria com a Microsoft, usando a plataforma "Azure", da gigante de tecnologia.

O lançamento é o primeiro passo para posicionar a conectividade como a base da tecnologia automotiva nos produtos da aliança: o trio de marcas planeja ter 90% dos seus veículos novos totalmente conectados até 2022.

"Nuvem" avisa sobre manutenção

A Microsoft trabalha com o desenvolvimento de conectividade com outras fabricantes, a exemplo de Volvo e BMW, mas Nissan e Renault serão as primeiras a ter acesso ao conjunto completo de softwares da empresa. Usando a tecnologia de nuvem da Microsoft, o programa permite que as marcas se conectem os dados do veículo para prever a manutenção, além de coletar dados do motorista para pesquisa. No futuro, o sistema também poderá ser usado para operar serviços da Microsoft, incluindo o pacote Office 365 e a assistente virtual Cortana.

Também fornecerá navegação em tempo real e contextual, ajudando os motoristas a controlar os tempos de abertura e fechamento dos semáforos, evitar congestionamentos, encontrar o restaurante ou o posto mais próximo e com o combustível mais barato.

O Intelligent Cloud será oferecido pela primeira vez no Nissan Leaf, no Japão, e no compacto Renault Clio, na Europa, mas o sistema será gradualmente introduzido em todo o mundo. Engenheiros estão discutindo com a Mitsubishi quando poderá ser implantado pela marca japonesa, que se juntou ao grupo em 2016.

Parceria também com Google

A Nissan deu início à sua investida em carros conectados em outubro de 2016, formando uma divisão de tecnologia de 300 pessoas para desenvolver e executar sua estratégia de mobilidade. Em setembro do ano passado, a aliança assinou um acordo global com o Google para equipar os veículos da Renault, Nissan e Mitsubishi com sistemas multimidia inteligentes. Esse serviço começará em 2021, integrando Google Maps, Google Assistant e Google Play Store.

Mais Seu Automóvel