PUBLICIDADE
Topo

Ford mostra Ka sedã em fevereiro e lança nova geração até junho

Eugênio Augusto Brito

Do UOL, em Detroit (EUA)

14/01/2014 10h38

A Ford fez uma apresentação para gigantes na arena esportiva Joe Louis, em Detroit, com três telões monumentais em HD e reprodução cenográfica do skyline da cidade. Tudo para comportar a enorme F-150, agora em nova geração (baseada no enorme conceito Atlas mostrado em 2013). O Brasil foi citado diversas vezes com o novo EcoSport, mas o que chamou atenção foi a menção a uma nova fábrica no país.

Ela foi citada durante a apresentação de Mark Fields, chefe de operações da Ford e homem-forte quando o assunto é o destino da marca no restante do mundo, sobretudo nas Américas. Com fontes ligadas à Ford do Brasil, UOL Carros soube tratar-se da já conhecida futura fábrica dos novos motores três-cilindros, que está sendo erguida no complexo de Camaçari (BA) e será inaugurada em abril.

Os pequenos propulsores vão mover o novo Ka (visto em álbum no alto desta reportagem). A versão sedã do compacto, provavelmente ainda conceitual (mas muito perto da realidade), será mostrada já em fevereiro. Com estas duas importantes etapas do cronograma de "lançamento aos pedaços" do novo Ka definidas, tudo leva a crer que o lançamento definitivo do modelo fica para maio, talvez junho.

PONY CAR

Passou correndo pela apresentação, mas parou no estande o Mustang 2015, apresentado mundialmente em dezembro. Com visual híbrido entre o novo Fusion e o antigo Mustang, a nova geração do muscle car traz motores Ecoboost de quatro-cilindros e 2,3 litros, 309 cv e 41,5 kgfm de torque; V6 de 3,7 litros e 304 cv e 37,3 kgfm; e ainda o V8 de 5 litros, 425 cv e 54 kgfm da configuração GT.

Apesar da força bruta, tem traços de smartphone graças ao novo sistema Applink, derivação do Sync que permite ao motorista escolher destinos usando apenas a voz e, se não quiser ir a lugar algum, até pedir para o carro buscar (na internet ou no banco de dados) um delivery que entregue a pizza no lugar apontado pelo GPS.

Detalhe bom do novo Mustang é que ele -- finalmente -- está nos planos da Ford do Brasil e deve chegar ao nosso país em 2015.

Mais sobre o Mustang pode ser visto na vídeo-reportagem da jornalista Anelisa Lopes, editora do site parceiro iCarros, que também está em Detroit.

OUTRO PORTE
Impossível deixar de falar na F-150, ainda que distante de nossa realidade: a picapaça "Built Tough" (algo como nascida durona, slogan que no Brasil se converteu em "raça forte" agora alia este DNA de touro com tecnologia de ponta. As inúmeras versões, que depois encheram o estande da marca, usam metal de alta resistência na composição do chassis e conseguiram emagrecer até 700 quilos.

O visual incorpora, nas configurações mais caras, luzes de LED nos faróis e lanternas, câmeras360º, controle eletrônico para o engate de rack, abertura automática da tampa traseira, controles de cruzeiro adaptativo (ACC), de mudança de faixa, de veículo no ponto cego, contorno de curva... alma de Fusion em corpo de caminhãozinho. Sob o capô alto e grande, novo EcoBoost (turbo) de 2,7 litros com start-stop e desempenho prometido similar ao de um V8, novo V6 de 3,5 litros com duplo comando de válvulas independente e variável, além dos conhecidos EcoBoost de 3,5 litros e o V8 de 5,0 litros.