PUBLICIDADE
Topo

Benê Gomes


Banco de couro: saiba como limpar em casa e o que você nunca deve fazer

Benê Gomes

Jornalista, produtor e roteirista, atua no setor automotivo desde 2001. É idealizador e diretor do programa Auto+, exibido pela RedeTV. Também dirige e apresenta o programa Momento Vox, no ar pela Band, e é colunista da rádio Transcontinental FM de São Paulo

Colaboração para o UOL

09/02/2020 04h00

Os bancos revestidos em couro são uma boa opção para garantir uma pegada mais sofisticada a um automóvel, mesmo aquele com proposta popular. Até porque, hoje dá para dizer que já não é tão caro fazer a troca do revestimento de tecido por couro.

Mas um banco revestido em couro não é só uma questão visual ou de estilo. Também é bom para a saúde, pois não acumula poeira e evita, por exemplo, a proliferação de ácaros.

Como se trata de um material nobre e de origem orgânica, o couro exige certo cuidado com a manutenção. Hoje é fácil contratar um bom serviço de limpeza e higienização. No entanto, se você gosta de colocar a mão na massa, dá para fazer isso na garagem de casa. Basta seguir alguns passos básicos.

O primeiro cuidado é riscar da lista os produtos à base de álcool, querosene e removedores, pois desgastam o couro e podem provocar rachaduras. A limpeza padrão deve ser feita com água e sabão neutro, mas para o trabalho ficar legal, aproveite os produtos específicos para manutenção. Eles são neutros, hidratam e descontaminam o couro sem interferir na cor ou provocar ressecamento. Além disso, após aplicados, prometem criar uma camada protetora contra envelhecimento.

O processo de aplicação é simples. Comece a limpeza com uma flanela limpa e seca. Em seguida, aplique o produto escolhido com uma esponja, espalhando de maneira suave e uniforme. Depois é só dar o acabamento final, passando novamente uma flanela seca.

A secagem costuma ser bem rápida, bastam alguns minutos e já dá para utilizar o carro normalmente. No caso dos produtos hidratantes, lembre que podem ser bem eficientes para os casos em que o couro já tem rachaduras e desbotamento provocados pelo excesso de exposição ao sol ou pela falta de manutenção.

Quando for procurar um bom produto, vai descobrir ainda que existem opções com fórmulas elaboradas especificamente para restaurar a aparência original do couro, com direito a uma leve fragrância para recuperar também o cheiro original. Há versões líquidas, em creme ou gel, e todos podem ser aplicados nas partes de plástico e vinil.

Para encerrar, tenha em mente que, apesar de ser um material com vida útil longa, o couro também se desgasta pelo contato com a roupa e até com o suor do nosso corpo. Mas, como vimos, é fácil garantir vida longa aos seus bancos.

Viu um carro camuflado ou em fase de testes? Mande para o nosso Instagram e veja sua foto ou vídeo publicados por UOL Carros! Você também pode ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito participando do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros.