Conteúdo publicado há 3 meses

PM cede a pedidos e libera entrada de sombrinha no Galo da Madrugada em SP

A Polícia Militar proibiu a entrada de sombrinhas, item típico do Carnaval de Pernambuco, no bloco Galo da Madrugada, que acontece em São Paulo nesta terça-feira (13).

Segundo apurado pelo UOL, os seguranças do local não estavam deixando os foliões entrarem com o item. A organização do evento tentou burlar a proibição, e acabou tendo bons resultados.

Depois de duas horas após o início do desfile, a PM passou a permitir a entrada da sombrinha. "Eles liberaram agora. Uma hora eles liberaram e outra não. No show do Alceu Valença tinham permitido. Há muita desorganização. O que é para pegar eles não pegam", ironizou um funcionário da segurança, que pediu para não ser identificado.

Ao UOL, Osvaldo Pereira da Silva, de 36 anos, chegou um pouco mais tarde e conseguiu entrar com o guarda-chuva. "Não estavam liberando. Agora deixaram", explicou ele à reportagem.

A publicitária e empresária Josi Oliveira, de 35 anos, lamentou a decisão inicial da PM: "Olha, eu não gostei, porque vi outras pessoas, como o meu amigo, que entrou com uma espada de pirata. Qual seria a diferença entre um e outro? Mas a gente respeita. Se eles enxergam uma segurança a mais... afinal de contas, a gente precisa prezar pela segurança também."

Luiz Roberto, pernambucano de 23 anos, estudante da USP, disse entender a posição da PM: "Pensar no frevo e em Pernambuco sem pensar na sombrinha, não dá, não tem como. Mas eu também entendo a posição deles."

Bloco Galo da Madrugada, em São Paulo, contou com intérpretes de libras
Bloco Galo da Madrugada, em São Paulo, contou com intérpretes de libras Imagem: Marcelo Justo/UOL
Um dos intérpretes (o homem) faz sinal de sai do chão para os foliões no Bloco Galo da Madrugada, em SP
Um dos intérpretes (o homem) faz sinal de sai do chão para os foliões no Bloco Galo da Madrugada, em SP Imagem: Marcelo Justo/UOL

Deixe seu comentário

Só para assinantes