PUBLICIDADE
Topo

CarnaUOL

Rio de Janeiro


Gabriela Prioli estreia como musa: 'Chance de desconstruir estereótipos'

Lucas Pasin

Colaboração para o UOL, em São Paulo

20/04/2022 04h00

Numa mesma semana, Gabriela Prioli recebeu medalha no Supremo Tribunal Federal (STF), em Brasília, por prestar serviços de destaque à Justiça Eleitoral e à democracia, assinou dedicatórias de seu livro, "Política para Todos", lançado no fim do ano passado, e foi apresentada como musa do Camarote Nº1 na Marquês de Sapucaí, no Rio de Janeiro.

É justamente essa "mistura" da "mulher intelectual" com a "que pode tudo" que instigou a advogada e apresentadora, de 36 anos, a aceitar o título de musa no Carnaval 2022.

Em conversa com o UOL, Gabriela disse ter recebido com surpresa o convite, garantiu que não fará feio se precisar mostrar seu samba no pé, e apontou outras musas e rainhas do Carnaval que a inspiram.

"Demorei um tempo a acreditar que [o convite] era verdade, confesso! Ocupar um espaço no Carnaval era um sonho, mas sabe aqueles sonhos que você acha que ainda estão distantes? Foi um misto de surpresa e felicidade. Claro que aceitei logo e com muito entusiasmo. É mais uma vez a afirmação de que nós podemos ser muitas em uma só", disse Gabriela, que não fez aulas de samba antes da folia: "Não dá pra esperar de mim o espetáculo das passistas, mas sei sambar."

Gabriela sabe que, tradicionalmente, foge um pouco do "perfil" das musas do Carnaval, conhecidas por trabalharem já com a imagem do corpo e muitas vezes já dançarem. A advogada quer mostrar que também pode fazer bonito fugindo do óbvio:

"Vejo como uma chance de desconstruir estereótipos. Afinal, por que a musa não pode ser uma intelectual? Por qual razão eu não posso trabalhar com a imagem e, também, com o conteúdo? Essa divisão só atrapalha. A maioria das grandes mulheres que conheço ocupam muito bem todos esses espaços. Talvez essas mulheres que todo mundo sempre olhou apenas como 'imagem' só não tenham tido a chance de se apresentarem além dela. E aí todo mundo perde".

A nova musa da Sapucaí completa:

"Vou desfilar cheia de brilho e com meus looks de carnaval sabendo que meu diploma de Mestrado pela USP continua válido e que meu livro segue na lista dos mais vendidos. Tenho segurança suficiente para me colocar nesse lugar que perturba preconceitos. E, cá entre nós: gosto disso!".

Gabriela Prioli será musa de Carnaval em camarote - Divulgação - Divulgação
Gabriela Prioli será musa no Carnaval 2022
Imagem: Divulgação

Inspirações

Ao pisar na passarela do samba, Gabriela Prioli chega com algumas inspirações e cita personalidades que dominam a dança e majestade na folia:

"Amo a Sabrina [Sato]. Ela é tão gentil, não se coloca num pedestal e é sexy pra caramba. Viviane Araújo também é um espetáculo, sabe se colocar na frente da bateria. E, recentemente, a Mayara Lima, princesa de bateria da Tuiuti, deu um show num vídeo que bombou nas redes e felizmente ganhou reconhecimento que muitas meninas como ela deveriam ganhar. Além dela tem muitas outras passistas que são da comunidade de cada escola e dão um show à parte. É uma coisa espetacular, belíssima!".

Vibe gótica e ousadia

Questionada se poderia antecipar algumas fantasias que usará na Sapucaí, Gabriela entrega detalhes e promete que desfilará looks que nunca a viram usando.

"São ousados e muito diferentes entre si. Uma vibe mais gótica. Fugimos do colorido para trabalhar o preto e fiquei apaixonada. Todos os looks têm meu pitaco e vou usar coisas que ninguém nunca me viu usando. Um deles tem um detalhe na parte de trás que é meu xodó! Vários 'spoilers'", brincou a musa, que terá seus looks desenhados pela estilista Fabiana Leite e produção do maquiador Mário Marcos.

'Já posso dizer que 'performei' no Coachella'

Já que o assunto é fantasia, UOL relembrou com Gabriela sua participação no show de Anitta durante o Coachella. Ela se vestiu de Bate-Bola, fantasia popularmente conhecida no Carnaval. A advogada disse que a ideia de subir ao palco surgiu na hora e, diferente de todo o resto da apresentação da brasileira, não teve nenhum ensaio:

"Foi engraçadíssimo. Não tínhamos nada planejado. Cheguei no show e logo deram a ideia e, claro, topei. Topo tudo por ela. Confesso que achei que a fantasia seria mais 'fácil', mas foi muito legal. Já posso falar que performei no Coachella".