PUBLICIDADE
Topo

Minas Gerais

Desfile do bloco Então Brilha! anima as ruas de Belo Horizonte logo cedo

Zirlene Lemos

Colaboração para o UOL, em Belo Horizonte

22/02/2020 09h11

Ô ô ô, a a / Então brilha, brilha! No embalo dessa onda / Axé que contagia / Gente é pra brilhar / Então brilha, brilha! Entoando os versos do hino do bloco, o Então Brilha!, um dos maiores e mais tradicionais blocos do Carnaval de Belo Horizonte, saiu do ponto de concentração, localizado na rua Curitiba, esquina com avenida do Contorno próximo à Guaicurus bem no coração da zona boêmia da capital belorizontina, às 6h da manhã. Nem a chuva fina que caiu de madrugada mantendo a temperatura na casa dos 23° e muito menos o horário de concentração do bloco assustou os foliões que se concentraram na região da rua Guaicurus, colorindo o centro de Belo Horizonte com muito glitter, purpurina e lantejoulas.

Com o tema 'Esperança de um tempo melhor', o Brilha!, como é chamado por seus integrantes, celebra uma década de existência com a mesma resistência que marcou a origem do bloco no Carnaval de Belo Horizonte nos idos de 2010, quando saiu pela primeira vez da frente do Hotel Brilhante, na Rua Guaicurus.

A saída desse local deu início a uma história de resistência e protesto, pois a região da Guaicurus é conhecida por contar com vários hotéis de prostituição. Por isso sempre foi tônica do bloco interagir com as prostitutas, como explica Geison Almeida Bezerra, fundador do bloco. "O Brilha conquistou uma relação com a própria rua Guaicurus com a possibilidade de estar naquele espaço tão marginalizado, tão maltratado, onde há mulheres e pessoas trans maltratadas, levando um pouco de brilho pra aquele lugar pois o que queremos é que a luz do sol irradie sobre as janelas para que as pessoas possam mostrar seu brilho", ressaltou.

Com chuva de papel colorido e bolhas de sabão gigantes o bloco percorre a avenida do Contorno enquanto o público canta em coro todo o repertório do Brilha. E mesmo que o sol não tenha raiado e esteja tímido entre nuvens, a cada esquina as pessoas se aglomeram para ver de perto a performance do tradicional bloco.

Segundo Paula Silva responsável pela coordenação de comunicação, as atrações desse ano buscam conectar o Então Brilha! com artistas cena autoral e independente da cidade além de grupos que fizeram parte dos 10 anos de história do Brilha no Carnaval de BH. Entre as atrações deste sábado está o retorno de Gustavito, cofundador do bloco que agradeceu o carinho do público após um intervalo de dois anos.

Sempre com muito glitter e não deixando pra trás a "pegada" de resistência, o Então Brilha enche as ruas de cores com previsão de encerramento para as 11 horas e seguem em direção à Praça da Estação - um dos principais pontos de encontro, festas e manifestações culturais de BH.

Minas Gerais