PUBLICIDADE
Topo

Rio de Janeiro

Fora do Carnaval, Dani Sperle diz que seu tapa-sexo seria o menor de 2018

Dani Sperle foi barrada poucas semanas antes do Carnaval - Laís Gomes/UOL
Dani Sperle foi barrada poucas semanas antes do Carnaval Imagem: Laís Gomes/UOL

Laís Gomes

Colaboração para o UOL, em São Paulo

11/02/2018 00h42

Dani Sperle, a musa do tapa-sexo que todos os anos causa na avenida, não vai desfilar em 2018. Para quem não se lembra, a modelo, que seria musa da União da Ilha, foi informada que seu posto havia sido cortado quando foi confeccionar sua fantasia. "Tenho 14 anos de avenida e esse é o primeiro ano que fico de fora, só assistindo. É estranho não estar lá, mas sou sambista, então venho todos os dias para prestigiar", diz ela, que garante que não vai torcer contra a escola que a barrou. "Amanhã, quando a escola passar, sinceramente não sei como vou me sentir. Óbvio que estou magoada. Mas vou estar lá, vou torcer para a escola fazer um bom desfile e dar tudo certo", disse.

Sperle conta ainda que, apesar de não ter feito a fantasia, já havia gastado dinheiro com pedraria. E que seu tapa-sexo, mais uma vez, daria o que falar na avenida. “Meu estilista já tinha comprado as pedras para fazer minha fantasia, ele sempre traz lá de fora. Então já tinha feito um investimento alto. Meu tapa-sexo desse ano era ainda menor. Mas, fazer o quê? No ano que vem, volto com tudo”, finalizou.