PUBLICIDADE

Topo

Conexão VivaBem

Vitalidade


Toni Garrido: "Esqueci letra e me constrangi, imagine quem tem demência"

Do VivaBem, em São Paulo

07/08/2020 11h00

No Conexão VivaBem desta sexta-feira (7), Toni Garrido contou alguns momentos constrangedores que passou devido a lapsos benignos de memória. O intérprete e palestrante comparou a sensação ruim com indivíduos que sofrem de doenças neurocognitivas, como a demência, e refletiu que deve ser muito difícil e solitário.

"Às vezes eu estou conversando com alguém e, de repente, alguma coisa tira a atenção daquela frase ou do que você estava falando e deixa você devastado. É um vazio e uma solidão enormes. Se deu um branco total, segue a vida, somos seres humanos. Mas eu acho que as pessoas que começam a ter essa doença crônica devem ficar muito solitárias, tristes, porque é constrangimento atrás de constrangimento", disse, durante a conversa com Jairo Bouer e a geriatra e professora Claudia Suemoto.

Toni também se recordou de um episódio que ocorreu em uma live, durante a pandemia. No show, ele se esqueceu de "A Estrada", um dos grandes hits do Cidade Negra. "Era a primeira música, eu sabia que faltavam oito compassos para começar, mas eu não sabia que música era. Perguntei para o baixista ao lado e parece que deu um branco nele também, estava tocando a música sem saber. Até que ele falou 'A Estrada'. É um negócio que eu canto todo dia. Mas é constrangedor, é assustador".

Segundo Suemoto, esquecimentos como esses são benignos e não são motivos para preocupação. O problema é quando esses esquecimentos atrapalham a rotina diária. "Se você é um cantor e não consegue nem saber que música está tocando, não lembra nem no final do show, realmente é um problema. Ou então eu, como médica, já não sei exatamente como diagnosticar determinada doença".

A geriatra disse que na maioria das vezes, a pessoa que tem um problema grave de memória não percebe. "Ela não tem crítica. Então, não é ela normalmente que percebe o problema, é alguém mais próximo que nota que não estou desempenhando a minha função como fazia antes".