PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Saúde

Três cuidados para manter a pele em dia sem o risco das receitas caseiras

iStock
Imagem: iStock

Cristiane Bomfim

da Agência Einstein

04/08/2020 13h13

Em tempos de isolamento físico, recorrer a receitas caseiras muitas vezes parece a melhor solução para manter rosto e pele do corpo bem cuidados.

Mas, a solução que parece mágica e barata pode trazer complicações dermatológicas, como irritações, alergia e até manchas. "Cada pessoas tem um tipo de pele e uma necessidade específica que receitas caseiras não vão atender. Além disso, as porções não são exatas e cada um faz do jeito que quer", explica Beni Grinblat, dermatologista do Hospital Israelita Albert Einstein.

Para manter a pele do rosto bem cuidada bastam três cuidados, explica o médico: limpeza, hidratação e proteção solar. "Para isso, a escolha de um bom sabonete, do hidratante ideal para o tipo de pele e o uso diário do protetor são suficientes.

Há produtos bons no mercado para todos os tipos de bolso e nem sempre o mais caro é melhor. Para que inventar em casa se pesquisadores e especialistas já fizeram isso e já testaram?", pergunta o médico.

A limpeza do rosto pode ser feita com um sabonete convencionais, sim. Mas prefira os que têm mais hidratante na composição, pois eles ressecam menos a pele. Para quem quer ir além, a dica são os syndets. Eles são detergentes sintéticos com menos de 10% de sabonete e, por isso, menos agressivos. A limpeza também pode ser feita com água micelar ou produtos específicos para isso. "Mas no dia a dia, quando o rosto não tem maquiagem, água e sabonete resolvem bem", continua Grinblat.

O médico do Einstein explica que manter a pele hidratada é importante para mantê-la jovem e protegida contra agressões externas, como a poluição e o vento, por exemplo. "A hidratação ajuda a manter a barreira cutânea, protegendo a pele. Ela previne o envelhecimento precoce, contribui para a preservação do colágeno, deixando-a macia, luminosa e elástica", continua. A escolha do produto deve levar em conta o tipo de pele.

Para as oleosas, cremes com textura leve, à base de água. Já para as sensíveis ou com quadros inflamatórios, a recomendação é escolher produtos sem perfume. Há opções de hidratantes com antioxidantes, ácido retinóicos e colágeno, que ajudam a deixar a pele mais firme, mas também são mais caras.

O terceiro passo é uso do protetor solar. Indispensável no verão, no inverno e até para quem está trabalhando em casa. Isso porque é ele quem atua no combate ao envelhecimento precoce da pele, previne o câncer e o aparecimento de manchas. "É preciso levar em consideração o nível de proteção a raios ultravioletas dos tipos UVA e UVB, além da luz visível (artificial), que pode ser uma lâmpada ou a até a claridade emitida pela tela do seu computador", explica o dermatologista. Para pessoas com manchas na pele, o mais indicado é o uso do filtro com cor. Eles fazem um bloqueio físico que protege o rosto também dessa luz artificial".

Hidrate as mãos

O uso constante do álcool gel durante a pandemia gel resseca a pele, especialmente a das mãos. Sem hidratação, as mãos podem descamar e ficar mais sensíveis. Por isso, a recomendação é - sempre que possível - após a higienização usar um hidratante.

Saúde