PUBLICIDADE

Topo

Movimento

Inspiração pra fazer da atividade física um hábito


Movimento

Treinador de Bruno Gagliasso conta como ator perdeu 8 kg em dois meses

Bruno Gagliasso já eliminou oito quilos - Reprodução/Instagram
Bruno Gagliasso já eliminou oito quilos Imagem: Reprodução/Instagram

Gabriela Ingrid

Do VivaBem, em São Paulo

04/03/2020 12h31

Bruno Gagliasso começou a treinar em janeiro com Ricardo Lapa, personal trainer criador do método Lapa Team e sócio da academia Meumood, no Rio de Janeiro (RJ) e já perdeu oito quilos.

Em entrevista ao VivaBem, Lapa conta que o truque do treino é a dinâmica. "Aqui, o aluno faz uma série totalmente dinâmica e motivadora. Em menos de uma hora ele já fez musculação e cardio e vai embora feliz, querendo voltar no outro dia", diz.

Mantendo regularidade nos treinos e com uma alimentação voltada para o objetivo, o resultado aparece rápido. Lapa recomenda que o aluno faça o treino o máximo de vezes que conseguir. "Se a pessoa conseguir treinar só três vezes, indico fazer três, se ela pode fazer quatro, faz quatro, e por aí vai, cinco vezes por semana, seis. E funciona. É o que vemos não só com o Bruno, mas com várias outras pessoas que treinam com a gente".

Lapa também trabalha com outras celebridades, como João Vicente, Chay Suede, Fernanda Paes Leme e Thiago Martins. A diferença no corpo do ator de "Amor de Mãe", que ganhou um adomên definido, também é surpreendente.

Como o personal explicou, o método Lapa Team é feito em, no máximo, uma hora e trabalha o corpo todo. "São exercícios que mexem com coordenação, força, equilíbrio, resistência, parte aeróbica, tudo conectado no outro, acho que essa é a grande chave para o sucesso. A gente trabalha praticamente toda a musculatura do corpo e o aluno sai depois de uma hora completamente encharcado", diz.

Segundo ele, um dos "pulos do gato" do treinamento é que o aeróbico "costura" os exercícios de funcional e musculação, diferentemente do que as academias costumam fazer. Geralmente, separam-se séries de força do aeróbico, que fica no começo ou no fim do treino. "No meu, às vezes eu coloco o aeróbico no início, no meio e no fim. Lógico, estímulos mais curtos com intensidade mais alta."

O treinador também recomenda que os alunos busquem acompanhamento nutricional, para que o resultado seja ainda mais rápido e completo. "Sou contra profissionais de educação física que indicam o que o aluno deve comer. O que serve para mim pode não servir para o outro. Mas é fato: todos os alunos que procuram nutricionista ou endócrino têm um resultado melhor."

No caso de Gagliasso, vê-se que deu certo. O ator já contou tem tendência a engordar, mas a profissão o ajuda a se cuidar. "Sei que o prazer de fazer meu trabalho bem-feito é maior do que o de comer". Agora, ele deve começar as gravações de uma série para a Netflix até junho. Bruno fará dois projetos da plataforma de streaming: um nacional e outro internacional.

Movimento