PUBLICIDADE

Topo

Movimento

Inspiração pra fazer da atividade física um hábito


Movimento

Ioga emagrece e aumenta força: conheça benefícios dos principais estilos

A ioga aumenta a força e a resistência muscular  - iStock
A ioga aumenta a força e a resistência muscular Imagem: iStock

Amanda Preto

Colaboração para o VivaBem

11/02/2020 04h00

Resumo da notícia

  • A ioga é um método milenar que traz muitos benefícios físicos e mentais
  • A prática regular pode reduzir o estresse, aliviar a ansiedade e melhorar a concentração
  • A atividade física ainda é capaz de desenvolver a força, a flexibilidade e proporcionar um bom gasto calórico
  • Há diferentes estilos de ioga. Cada um tem suas vantagens e todos podem ser praticados por qualquer pessoa sem restrições médicas

Embora seja um método milenar, a ioga e sua filosofia são atemporais e fazem muito sentido no mundo em que vivemos hoje. Sua prática regular pode reduzir o estresse e garantir mais concentração e resiliência para encarar os desafios do dia a dia, além de trazer inúmeros benefícios físicos, como aumento de força e flexibilidade.

Com a popularidade da modalidade, aulas de diversos estilos tomaram conta das academias e estúdios, assim como algumas dúvidas. Uma das questões muito comuns é se ela ajuda a emagrecer. A resposta é sim (desde que o exercício seja aliado a uma boa alimentação, é óbvio):

"O professor consegue dosar a intensidade da aula, incluindo sequências mais vigorosas, que proporcionam grande gasto calórico e colaboram para a perda de peso", explica Adriana Camargo, profissional de educação física e professora de ioga de Isis Valverde, Flávia Alessandra e outras celebridades. Além disso, muitas vezes o descontrole alimentar —que leva ao ganho de peso — está ligado a condições ansiedade e estresse e a ioga ajuda a controlar esses problemas emocionais, de acordo com Camila Machado Battoni, professora de ioga da academia Bodytech Market Place, em São Paulo.

É importante sempre contar com orientação de um professor para fazer as posturas corretamente - iStock
É importante sempre contar com orientação de um professor para fazer as posturas corretamente
Imagem: iStock

Os principais estilos de ioga e seus benefícios

Opções não faltam e cada prática tem sua metodologia. Algumas são mais "físicas" e outras mais meditativas. "Mas todas têm suas vantagens e qualquer pessoa pode praticar, pois é possível adaptar as posturas (ásanas) caso o aluno tenha limitações", esclarece Simone Murai, professora de ioga da Cia Athletica Morumbi Shopping, em São Paulo (SP). Então, basta encontrar a que mais combina com você.

- Hatha Yoga

A Hatha Yoga é focada em permanecer nas posturas por algum tempo - iStock
A Hatha Yoga é focada em permanecer nas posturas por algum tempo
Imagem: iStock
É a "ioga clássica". A aula é composta de posturas, técnicas de respiração que estimulam a energia do corpo (pranayama), exercícios de limpeza e purificação (kriyas). É focada na permanência das posturas, por isso aprimora a capacidade de concentração e a consciência corporal.

"A Hatha Yoga traz muitos benefícios como redução de ansiedade, melhora do sono, aumento do tônus muscular e da flexibilidade e melhora do sistema imunológico", enumera Camila Battoni. A prática pode ser realizada todos os dias.

- Ashtanga Vinyasa Yoga

Ashtanga Vinyasa Yoga requer disciplina, pois a série precisa ser realizada de segunda a sábado - iStock
Ashtanga Vinyasa Yoga requer disciplina, pois a série precisa ser realizada de segunda a sábado
Imagem: iStock
Uma das linhas mais desafiadoras para o corpo, o Ashtanga Vinyasa possui seis séries de prática, cada um com um conjunto de ásanas (postura). A aula sempre se inicia com a entoação de um mantra, seguida de saudações ao sol (surya namaskar) e a sequência de outras posturas, sendo a final a de relaxamento total (deitada, que se chama savasana, ou postura do cadáver).

O fio condutor do Ashtanga é a respiração, que deve se conectar ao movimento, o que exige muita concentração para não se descuidar e perder o ritmo. Trabalha o corpo de forma integral, pois contempla todos os grupos musculares e suas aptidões: força, resistência e flexibilidade. "Outra característica desse estilo são os drishtis, os focos de visão em determinados pontos, que ajudam a firmar a concentração do aluno durante a prática. É um estilo de vida que exercita muito a disciplina, pois a série precisa ser realizada diariamente, exceto aos domingos e nos primeiros dias de lua cheia e nova", complementa a professora Adriana Camargo.

- Vinyasa Flow Yoga

- Vinyasa Flow Yoga pode ser bem vigorosa - Adriana Camargo/ Reprodução do Instagram @adrianacamargo_yoga
- Vinyasa Flow Yoga pode ser bem vigorosa
Imagem: Adriana Camargo/ Reprodução do Instagram @adrianacamargo_yoga
Inspirada na Ashtanga Vinyasa Yoga, principalmente por causa da conexão entre respiração e transição de movimento, aVinyasa Flow Yoga é livre na proposta das sequências de posturas.

O professor pode criar aulas temáticas, por exemplo, com ásanas mais focados em extensão de coluna, força das pernas e por aí vai. "É uma aula dinâmica, então é importante conhecer as posturas antes para praticar com fluidez, sem se perder entre elas. Utiliza uma transição entre as posturas, que é a mesma do Ashtanga Vinyasa, que fortalece os braços e pernas. Pode ser uma prática bem vigorosa, dependendo da montagem do professor", explica Battoni.

- Iyengar Yoga

Iyengar Yoga utiliza acessórios que ajudam a realização das posturas - iStock
Iyengar Yoga utiliza acessórios que ajudam a realização das posturas
Imagem: iStock
Preza pelo alinhamento pleno das posturas e utiliza equipamentos como cadeiras, cintos, cabos de madeira, almofadões, blocos de EVA e outros "props" que facilitam esse objetivo.

Por conter esses acessórios na aula, também ajuda a viabilizar a adaptação das posturas. Portanto, idosos, cadeirantes, gestantes e pessoas com algum tipo de restrição podem fazer a aula, desde que possuam aval médico para praticar atividade física.

- Hot Yoga

A Hot Yoga conta com a ajuda do calor para relaxar e tornar a musculatura mais flexível  - iStock
A Hot Yoga conta com a ajuda do calor para relaxar e tornar a musculatura mais flexível
Imagem: iStock
Conhecida também por Bikram Yoga, a Hot Yoga é praticada em uma sala aquecida a até 42 graus, e tem uma sequência fixa de ásanas. Como a pessoa sua muito durante a aula, é permitido beber água sempre que sentir necessidade. É aconselhado ao aluno dar uma pausa caso apresente tontura ou algum mal-estar devido ao calor --e só retomar quando estiver melhor.

Na primeira aula, é indicado fazer as posturas devagar para que o corpo se adapte à temperatura. Outro cuidado é tomar cuidado ao avançar nos ásanas, alongando-se além da conta, pois o calor relaxa a musculatura, que se torna mais flexível. Por isso, é importante reconhecer seus limites para evitar lesões.

Benefícios gerais da ioga

Esses são ganhos que você conseguem com praticamente todos os tipos de prática:

- Mais força e resistência muscular "Por exemplo, as flexões de braços (chaturanga, muito presente nas transições do Ashtanga Vinyasa) trabalham a força da parte superior do corpo; já a postura do guerreiro (virabhadrasana) recruta os músculos das pernas. Há ainda várias outras posições que exigem força do core (músculos do abdome, quadril e lombar), pois precisam da estabilização de coluna na execução", explica Murai.

- Melhora da flexibilidade A elasticidade é a principal capacidade física trabalhada na ioga. Por isso, a atividade é muito indicada para quem faz treinos de força e precisa prevenir o encurtamento muscular.

- Combate dores na coluna As posturas exigem alinhamento de todo o corpo, "obrigando" a coluna a permanecer reta nos ásanas feitos em pé e sentados. A maioria das aulas é composta por posturas que trabalham todos os movimentos da coluna (torção, extensão e retroflexão), que a tornam mais flexível e forte. Como essa região é o sustentáculo do corpo, ao ficar mais forte pode diminuir quadros de dores crônicas. Mas, atenção: se você possui hérnia de disco ou algum outro problema que exija cuidado, avise o professor, pois alguns ásanas são contraindicados.

- Relaxa a mente e o corpo "Todos os estilos têm esse poder, principalmente aqueles com mais ênfase em meditação. A ioga restaurativa é um dos principais tipos para esse objetivo, que conta com a utilização de inúmeros materiais para esse fim, além da Kundalini Yoga com características de respiração e meditação", cita Murai.

- Ajuda a enfrentar medos e barreiras psicológicas "Conforme você pratica ioga, passa a se conhecer melhor e a olhar mais para dentro de si. Receios de fazer posturas mais desafiadoras, como paradas de mão, são eliminados conforme se adquire confiança e consciência corporal. São duas qualidades que são muito importantes para se libertar de travas psicológicas", acredita a professora Adriana Camargo.

Fontes: Camilla Machado Battoni, instrutora de Hatha Yoga, Vinyasa Flow Yoga e ioga para crianças na Bodytech; Simone Murai, instrutora de ioga da academia Cia Athletica; Adriana Camargo, profissional de educação física e instrutora de ioga.

Movimento