PUBLICIDADE

Topo

Movimento

Inspiração pra fazer da atividade física um hábito


Movimento

Ansiedade afeta Paquetá no Milan; como sentimento prejudica a performance?

Prática esportiva também pode gerar sintomas de ansiedade - GettyImages
Prática esportiva também pode gerar sintomas de ansiedade Imagem: GettyImages

Priscila Carvalho

Do VivaBem, em São Paulo

24/01/2020 17h33Atualizada em 24/01/2020 20h05

O jogador do Milan Lucas Paquetá alegou não estar feliz e pediu para não ser escalado no próximo jogo do clube, de acordo com informações da emissora de TV Sky Sport.

Na quinta-feira (23), o colunista do UOL Esporte Menon, disse que o Paquetá se sentiu mal após uma partida do Milan contra a Udinese. Ele realizou exames que constataram um quadro de ansiedade, que pode gerar sintomas físicos como falta de ar, taquicardia e tensão muscular, além de alterações psicológica que podem interferir na performance de um atleta profissional ou amador.

Como a ansiedade prejudica a prática esportiva

Os efeitos vão desde a perda de rendimento em treinos e competições, que afetam os resultados e a relação da pessoa com o esporte, até o abandono completo da modalidade. A ansiedade excessiva ainda pode atrapalhar a respiração, deixando o atleta mais ofegante ou sem conseguir respirar tão profundamente. A capacidade de concentração também é afetada, além da queda na qualidade de outros fatores que influenciam a performance, como o sono e a alimentação.

O atleta pode se sentir ansioso em relação ao desempenho desejado, pode ter medo de não corresponder às próprias expectativas ou dos outros, ou ter um desejo de superação que está além das possibilidades do corpo e do treinamento. A ansiedade precisa ser "ouvida", é preciso investigar suas causas, entender o que ela está sinalizando e trabalhar para evoluir a partir destes sinais.

Um grau muito elevado de ansiedade pode impedir o esportista de racionalizar os desafios da forma desejada. O atleta pode entrar em um ciclo de pensamentos limitantes: "Eu não consigo"; "Eu não posso fazer melhor"; "Eu sou um fraco". E esse ciclo só é freado a partir do momento que há uma racionalização e um equilíbrio da ansiedade.

Quando a ansiedade não se resume ao momento da prática esportiva, como parece ser o caso de Paquetá, o tratamento pode envolver psicoterapia, terapias complementares (como mindfulness e meditação) e medicamentos, que devem ser indicados por um médico.

Com informações de matéria publicada no dia 04/09/2019.

VivaBem no Verão - 2ª edição

O VivaBem está no litoral paulista com o VivaBem no Verão. São dois espaços na Riviera de São Lourenço (Bertioga) com diversas opções de atividades físicas, lazer, cultura e comidas para você curtir o calor com a família ou os amigos. Saiba mais sobre o evento aqui e venha nos visitar!

Data: de 26 de dezembro de 2019 até o dia 09 de fevereiro de 2020, de quinta a domingo
Horário de funcionamento: das 9h até as 13h (praia) e das 17h até a 1h (arena)
Endereço arena: Av. Riviera, s/n, próximo ao shopping
Local do espaço na praia: canto direito da praia de Riviera de São Lourenço
Entrada: gratuita

Movimento