PUBLICIDADE

Topo

VivaBem no Verão

Espaço para curtir o verão com notícias, vídeos e atividades no litoral


VivaBem no Verão

6 dicas para adaptar sua rotina de cuidados com a pele nos dias quentes

swissmediavision/iStock
Imagem: swissmediavision/iStock

Giulia Granchi

Do VivaBem, em São Paulo

23/01/2020 04h00

A cada estação do ano enfrentamos mudanças de temperatura e umidade do ar, o que causa alterações nos níveis de hidratação da pele e na necessidade de cuidados diferentes. No verão, a maior exposição do corpo ao sol e produção de suor se tornam comuns e sem a atenção necessárias, a pele sofre.

"Se não adaptamos nosso cuidado a essas mudanças podemos ter efeitos indesejáveis, como a irritação ou excesso de oleosidade" aponta Elimar Gomes, dermatologista da BP - A Beneficência Portuguesa de São Paulo.

1. Cuidado redobrado para a proteção

O protetor solar deve ser usado em todas as épocas do ano. Mesmo quando o clima está nublado, por conta da alta radiação solar no Brasil, o uso é indispensável para proteger o corpo contra o câncer de pele. Mas é no verão que ficamos mais expostos ao sol e logo também precisamos reforçar a proteção.

"Na praia ou piscina, o protetor deve ser reaplicado a cada mergulho ou a cada duas horas devido a transpiração. Quando estamos praticando esportes ao ar livre, devemos também reaplicar o protetor periodicamente. O uso de chapéus e roupas com proteção UV também são recomendados", indica Gomes.

O fator de proteção do protetor deve ser no mínimo 30 para peles mais escuras e acima de 50 para peles claras. Para o rosto, recomenda-se os produtos específicos, que contém ativos diferentes para cada tipo de pele e garantem um acabamento melhor, evitam a oleosidade excessiva e, em alguns casos, oferecem cobertura parecida com a de maquiagens.

2. Faça trocas espertas com os produtos de beleza

Se no inverno o comum é lambuzar a pele com creme, no verão, o hábito pode obstruir poros e reter suor, deixando a pele mais oleosa e causando acnes. Damaris Ortolan, dermatologista e tricologista da SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia), indica que o melhor é substitui-lo por loções fluídas e séruns.

"A água termal também é uma boa opção que ajuda a acalmar a pele após a exposição solar, mas não hidrata tanto, é mais recomendada para quem tem a pele oleosa. Lembre-se também de escolher maquiagens mais leves, já que provavelmente liberará mais suor", explica.

Produtos como demaquilantes e tônicos, além de um sabonete adequado, devem ser utilizados para remoção de maquiagem, protetor solar e impurezas da pele do rosto.

Para quem faz tratamentos com produtos que contêm ácido, o dermatologista da BP - A Beneficência Portuguesa de São Paulo aponta que não há a necessidade de suspendê-los. "Esse é um mito do passado. Existem vários produtos e ácidos que se utilizados de forma correta e sob orientação de um dermatologista são seguros".

Além disso, Gomes aponta que o uso de tratamentos durante o verão ajuda na prevenção de novas manchas ou sinais que possam surgir na pele após a exposição solar mesmo com proteção.

3. Proteja-se contra micoses e candidíase

Com o uso de roupas mais curtas e o hábito de andar descalço em dias quentes, a pele fica mais exposta ao contato com os fungos. "A umidade e o calor dos dias quentes criam um ambiente propício para a reprodução desses fungos, que podem causar infecções como a candidíase e a micose de praia, também conhecida como 'pano branco'", esclarece.

Para evitar os quadros, lembre-se de trocar as roupas molhadas após banhos de piscina e mar e faça uma boa higiene da pele, especialmente na área íntima.

4. Fuja de exposições desnecessárias

No verão devemos nos atentar principalmente aos horários de pico dos raios ultravioleta nas diferentes regiões do Brasil.

Em geral, o ideal é evitar a exposição direta ao sol entre 9 e 15 horas e sempre que estiver exposto, garantir proteção adequada com protetor solar e acessórios.

5. Evite banhos quentes

Mesmo quando as temperaturas estão altas, há quem não consiga tomar um banho gelado. No entanto, a água quente prejudica a pele e o couro cabeludo, estimulando a produção de sebo e causando o ressecamento. Se a dificuldade for aguentar a ducha fria, ajuste para uma temperatura morna, que evitará os prejuízos.

6. Controle a oleosidade sem agredir a pele

Um dos principais tormentos de quem tem a pele oleosa é estar sempre com o rosto brilhando no verão.

Segundo Gomes, a lavagem simples do rosto com água sem sabão já melhora a sensação de desconforto e não causa malefícios. "Se for usar sabonete, faça com a indicação do melhor tipo para sua pele. Já o uso constante de sabonetes abrasivos ou desengordurantes pode piorar a oleosidade pelo efeito rebote, aumentando o estímulo de produção de sebo pela pele."

VivaBem no Verão - 2ª edição

O VivaBem está no litoral paulista com o VivaBem no Verão. São dois espaços na Riviera de São Lourenço (Bertioga) com diversas opções de atividades físicas, lazer, cultura e comidas para você curtir o calor com a família ou os amigos. Saiba mais sobre o evento aqui e venha nos visitar!

Data: de 26 de dezembro de 2019 até o dia 09 de fevereiro de 2020, de quinta a domingo
Horário de funcionamento: das 9h até as 13h (praia) e das 17h até a 1h (arena)
Endereço arena: Av. Riviera, s/n, próximo ao shopping
Local do espaço na praia: canto direito da praia de Riviera de São Lourenço
Entrada: gratuita

VivaBem no Verão