Topo

Tudo sobre Diabetes

Sintomas e tratamentos da doença


Tudo sobre Diabetes

Dieta com menos carboidratos pode ajudar pessoas com diabetes tipo 1

Diabéticos que restringiram o consumo de carboidrato controlaram melhor o açúcar no sangue com doses menores de insulina - iStock
Diabéticos que restringiram o consumo de carboidrato controlaram melhor o açúcar no sangue com doses menores de insulina Imagem: iStock

Do VivaBem, em São Paulo

08/05/2018 13h46

Restringir demais o carboidrato do cardápio não costuma ser recomendado para pessoas com diabetes tipo 1, especialmente crianças. Tudo porque os especialistas acreditam que isso pode deixar o nível de açúcar no sangue perigosamente baixo, condição conhecida como hipoglicemia, o que prejudicaria seu crescimento. No entanto, um novo estudo publicado na revista Pediatrics sugere o contrário.

De acordo com seus autores, crianças e adultos com diabetes tipo 1 que seguiram uma dieta com muito pouco carboidratos e rica em proteínas, por uma média de apenas dois anos --combinada com o uso de insulina em doses menores do que as exigidas em uma dieta normal -- tiveram "controle excepcional de açúcar no sangue", além de baixas taxas de complicações graves. Crianças que seguiram o esquema durante anos também não apresentaram sinais de crescimento prejudicado.

Veja também:

Mas a descoberta vem com uma advertência importante: foi um estudo observacional e não um ensaio randomizado, com um grupo controle, que seria o jeito mais seguro de avaliar os resultados. Nele, os pesquisadores recrutaram 316 pessoas, das quais 130 eram crianças. Elas foram selecionadas a partir de um grupo do Facebook dedicado a dietas com pouco carboidrato para diabetes, chamado TypeOneGrit.

Embora não tenha sido um ensaio clínico, o estudo é surpreendente porque destaca uma comunidade de pacientes que foi "extraordinariamente bem-sucedida" em controlar seu diabetes com uma dieta muito baixa em carboidratos, sugerindo ser uma estratégia mais segura do que os especialistas pensavam.

Os autores do artigo alertaram, no entanto, que os resultados não devem levar os pacientes a alterar o controle do diabetes sem consultar seus médicos, e que grandes ensaios clínicos serão necessários para determinar se essa abordagem deve ser utilizada de forma mais ampla.

A abordagem padrão para pessoas com diabetes tipo 1 é combinar ingestão de carboidratos com insulina. Mas o argumento para restringir carboidratos é o fato de ser possível manter o açúcar no sangue mais estável e requerer menos insulina, resultando em menos "altos e baixos glicêmicos". A abordagem não tem sido amplamente estudada ou adotada para diabetes tipo 1, mas algumas pessoas relatam que a tática funciona.

O TypeOneGrit, por exemplo, possui cerca de três mil membros no Facebook que atribuem a um programa desenvolvido por Richard Bernstein, um médico de 84 anos com diabetes tipo 1. Em seu livro, ele recomenda limitar a ingestão diária de carboidratos para cerca de 30 gramas, a quantidade em uma batata-doce ou cerca de quatro ou cinco xícaras de brócolis cozido.

Bernstein argumenta que quanto menos carboidratos são consumidos, mais fácil é estabilizar o açúcar no sangue com insulina. Assim, o recomendado é consumir alimentos como vegetais, frutos do mar, nozes, carne, iogurte, tofu e receitas feitas com farinha de amêndoa, substitutos de açúcar e outros ingredientes de baixo índice glicêmico. Seu plano enfatiza a ingestão de proteínas, que ele diz ser especialmente importante para o crescimento de crianças. 

Lembre-se: antes de fazer qualquer mudança na alimentação é muito importante consultar um médico e um nutricionista.

VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
Facebook • Instagram • YouTube

Mais Tudo sobre Diabetes