PUBLICIDADE

Topo

Diversidade

Atriz que faz heroína trans em 'Supergirl' quer papéis "menos perfeitos"

Nicole Maines quer que os personagens trans não tenham a obrigação de serem perfeitos - Rich Polk/Getty Images
Nicole Maines quer que os personagens trans não tenham a obrigação de serem perfeitos Imagem: Rich Polk/Getty Images

De Universa, em São Paulo

05/06/2020 18h53

Nicole Maines, que dá vida à primeira heroína trans da história da TV, revelou em entrevista à revista Variety que gostaria de ver vilões transexuais. Para ela, isso seria um sinal de progresso:

"Eu acho que cada vez mais os personagens trans podem ser menos perfeitos, e podem ser os vilões. Podemos olhar para eles e pensar, 'Eles são só pessoas. Eles fazem escolhas ruins. Eles podem ser pessoas ruins. Eles podem não ser legais.' Transexualidade não é uma pessoa. Ninguém é definido por sua transexualidade."

Nicole, que interpreta Nia Nal (ou Sonhadora) em "Supergirl" desde a quarta temporada da série, conseguiu colocar um pouco disso em sua personagem no episódio "Reality Bytes", quando (alerta de spoiler) ela quase mata um agressor transfóbico.

Ela conta que demorou para se sentir confiante — quando começou a interpretar a personagem, queria que ela fosse "intocável" e se esforçava muito para que as pessoas gostassem de Nia.

A atriz explica que isso se deve à falta de personagens trans: "A representatividade fica realmente nas mãos de poucos. Então tudo o que acontece com esses personagens é um reflexo de todo o resto da comunidade trans. Se formos menos que perfeitos, isso vai refletir mal para o resto de nós."

Nicole tem apenas 22 anos de idade, mas não é novata na luta pelos seus direitos: aos 15, ela processou o distrito escolar de seu estado pelo direito de usar o banheiro feminino em sua escola.

Diversidade