PUBLICIDADE

Topo

Universa

Homens gastam mais com roupa íntima do que as mulheres, revela Sebrae

Divulgação
Imagem: Divulgação

Do UOL

04/05/2017 08h56

Que os homens estão mais vaidosos isso não é novidade. Prova disso, é o aumento dos salões de beleza masculinos e as barbearias com estilo vintage. Mas, de acordo com o boletim de tendências do Sebrae divulgado pelo setor de Inteligência Setorial, agora o público masculino também se mostra mais disposto a investir em roupa íntima, até mais do que as mulheres.

De acordo com um estudo realizado pelo Sebrae, o comércio de cuecas está em expansão. A pesquisa, realizada com 1.110 voluntários, revelou que os homens estão gastando mais com a moda íntima do que as mulheres. A média da última compra dos participantes foi de R$ 115, enquanto a das mulheres foi de R$ 93,20.

A pesquisa ainda revelou mais dados sobre esses consumidores: a maior parte tem idade entre 25 e 34 anos; 90% fazem as compras eles mesmos em lojas físicas e 64% deles compra a própria roupa íntima pelo menos uma vez por mês.

E engana-se quem pensa que são os mais ricos que lideram esse tipo de consumo. Segundo a pesquisa, 59,8% dos consumidores que mais compram roupas íntimas são das classes B2 e C, a classe média brasileira.

Além disso, o relatório do Sebrae destaca que os homens são criteriosos na hora de escolher uma cueca e buscam por peças confortáveis, com tecidos macios e sem costura, que tenham uma modelagem que vista bem e que seja esteticamente atraente.

Universa