PUBLICIDADE
Topo

Tencent cria time de realidade estendida e entra na briga por metaverso

Tencent, gigante chinesa de tecnologia - Reprodução
Tencent, gigante chinesa de tecnologia Imagem: Reprodução

Josh Ye e Yingzhi Yang

De Reuters, em Hong Kong

20/06/2022 12h46

HONG KONG (Reuters) - A Tencent Holdings, empresa mais valiosa da China, anunciou nesta segunda-feira para seus funcionários a formação oficial de uma unidade de "realidade estendida" (XR), disseram três fontes familiarizadas com o assunto, apostando formalmente no conceito de mundos virtuais.

A unidade tem a tarefa de construir o negócio de realidade estendida para a empresa, incluindo software e hardware, disseram as fontes, acrescentando que será liderada pelo diretor de tecnologia da Tencent Games Global, Li Shen, e fará parte do grupo de negócios Interactive Entertainment da empresa.

Duas das fontes disseram que a unidade terá mais de 300 funcionários, apesar da Tencent estar cortando custos e desacelerando contratações. No entanto, eles também alertaram que a empresa ajustará o quadro de funcionários da unidade com base em seu desempenho.

A nova área de negócios foi formada no início deste ano, mas permaneceu envolta em sigilo, disseram as três fontes. A Tencent não quis comentar.

Realidade estendida (XR) é um termo que se refere a tecnologias imersivas, como realidade virtual e realidade aumentada, que são vistas como os blocos de construção do metaverso.

A unidade XR da Tencent marcará uma rara incursão em hardware para a companhia, que atua principalmente em software, nos mercados de videogames e aplicativos de mídia social.

Uma das fontes disse que a unidade é vista internamente como um projeto de paixão do fundador e presidente-executivo da Tencent, Pony Ma, que primeiro destacou a importância do metaverso, ou o que ele chamou de "internet totalmente real", no final de 2020.

A introdução da nova equipe contrasta com os cortes que ocorrem em outras partes da Tencent, que vem implementando medidas de controle de custos e reduzindo negócios não essenciais.

A Tencent tem se mostrado reservada até agora sobre seus planos para metaverso. Em novembro passado, executivos da companhia disseram a analistas que a empresa tinha muitos "blocos de construção de tecnologia e capacidade" para abordar a oportunidade do metaverso, mas não entraram em detalhes.