PUBLICIDADE
Topo

Usa o Google Maps? Veja 5 novos recursos que usam inteligência artificial

Google I/O anuncia novos recursos para o Google Maps - Reprodução
Google I/O anuncia novos recursos para o Google Maps Imagem: Reprodução

Marcella Duarte

Colaboração para Tilt

24/05/2021 11h40

O evento Google I/O trouxe cinco novos recursos com inteligência artificial para o Google Maps. Entre as novidades, estão as rotas que evitam áreas com maior incidência de freadas bruscas para motoristas e o modo de realidade aumentada, que chegará a São Paulo nos próximos meses, oferecendo uma experiência rica em detalhes aos pedestres.

Mapas detalhado

O Google Maps mostrará ainda mais detalhes: faixa de pedestres, semáforos, calçadas, locais acessíveis a cadeirantes, semáforos. Assim, a pessoa pode ter uma ideia de como é um local antes de visitá-lo e se preparar para possíveis obstáculos — o que é ainda mais importante para pessoas com deficiências.

A função já está disponível em algumas poucas cidades e, até o final de 2021, será expandida para mais 50, incluindo São Paulo, Seattle, Singapura e Berlim. Por meio de inteligência artificial, os detalhes são "desenhados" com destaque sobre o mapa, inclusive em praças e canteiros das ruas.

Mapas personalizado

Se você abrir o Google Maps em um celular pela manhã, verá sugestões onde tomar café; à noite, de restaurantes e bares. Se estiver viajando, terá recomendações de locais de interesse e pontos turísticos para visitar.

A ideia é fornecer um mapa mais personalizado, de acordo com os hábitos de cada um, removendo informações menos desejadas e dando destaque para o que é mais importante naquele momento. O app vai aprendendo de acordo com suas rotas e atividades mais frequentes - por exemplo, se você costuma tomar café fora de casa ou viaja a lazer com frequência.

Ocupação das áreas

Você poderá saber que lugares estão bombando só de olhar o Google Maps. Isso pode ser útil para procurar uma balada — quando a vida voltar ao normal — ou evitar aglomerações e manter o distanciamento social durante a pandemia.

Até agora, só temos acesso à lotação de locais específicos — serviço que tem sido acessado diariamente por mais de 80 milhões de pessoas. Com a novidade, será possível enxergar a movimentação de pessoas em áreas inteiras, como bairros e zonas das cidades.

Live view melhorado

O modo de realidade aumentada foi expandido e funcionará inclusive dentro de lugares fechados, como aeroportos, shoppings e outros grandes prédios. Inicialmente, será disponibilizado nas principais estações de trem de Zurique e de Tóquio.

Além disso, nomes de ruas e indicações de direção de pontos de interesse, como um hotel onde a pessoa está hospedada e horários de funcionamento de restaurantes e atrações turísticas, serão exibidos nesse modo. Basicamente, o que a sua câmera vê será mesclado com informações fornecidas por negócios e cidades.

Rotas sem freadas bruscas

Única novidade voltada exclusivamente aos motoristas. Quer dirigir por caminhos com menos chances de acidentes? O Google Maps poderá te oferecer rotas com menor histórico de freadas bruscas. Assim, condutores e pedestres ficam mais seguros.

A ferramenta também usa inteligência artificial e aprendizado de máquina. A rota será automaticamente oferecida quando o tempo estimado do trajeto for o mesmo do tradicional ou com diferenças irrelevantes.

Também há a opção de pedir uma "rota eco", que faz com que o menor caminho seja percorrido, da maneira mais rápida possível. Uma forma de poluir menos o meio ambiente.