PUBLICIDADE
Topo

Como preservar seu notebook? Veja três conselhos de quem manja

Confira 3 conselhos de quem manja para preservar seu notebook - Lovatto/UOL
Confira 3 conselhos de quem manja para preservar seu notebook Imagem: Lovatto/UOL

Marcos Bonfim

Colaboração para Tilt

04/05/2021 04h00

Cada vez mais brasileiros têm se rendido à praticidade dos notebooks. Com mais tempo em casa, por causa da pandemia, e fazendo praticamente tudo (desde trabalhar, estudar, até ter vida social) usando esse tipo de computador, as vendas cresceram no ano passado —alta de 21,8%% em comparação com 2019, segundo dados do instituto de pesquisa IDC Brasil.

Em média, brasileiros desembolsaram R$ 4.300 por um novo notebook. Foram quase 5 milhões de unidades vendidas no ano passado, apesar da grave crise econômica que o país enfrenta. Se você foi uma dessas pessoas, saiba que, com os cuidados certos, seu novo computador terá um tempo de vida útil maior —fazendo seu dinheiro render.

Paulo Sérgio, professor e pesquisador de ciência tecnológica do Centro Universitário FEI, manja bastante do assunto e, por isso, pedimos a ele para te dar três conselhos sobre como cuidar do seu notebook.

1. Comida e notebook não combinam

Quem nunca comeu enquanto trabalha em frente o notebook, principalmente ao longo da pandemia, que atire a primeira pedra. A atitude, porém, precisa ser evitada por oferecer diversos riscos de danos ao equipamento.

"O maior prejuízo é a poeira e sujeira caírem e entrarem nos componentes eletrônicos. Essa micro sujeira seca vai degradando o notebook ao longo do tempo e se espalhando por outros espaços. Agora, se for líquido, como café e refrigerante, o dano é mais imediato, tem que levar para a assistência para limpeza e manutenção", explica.

Esse uso, sem a devida atenção à limpeza, também pode desvalorizar o aparelho, já que as teclas do teclado tendem a desgastar em pouco tempo.

Para evitar esses problemas, o professor recomenda limpezas periódicas. "Já que não vamos conseguir proibir as pessoas de comerem enquanto usam os seus notebooks, principalmente neste período de pandemia, o ideal é sempre cuidar do equipamento, passando uma flanela com álcool isopropílico no teclado. Não basta só passar por cima, precisa virar também o notebook para que saiam todos os resíduos", complementa.

2. Cuidados com as conexões

Como em todas as nossas novas aquisições, todos temos uma tendência a cuidar muito bem dos dispositivos. Com o passar do tempo, no entanto, relaxamos. E é aí que mora o perigo.

Para o professor, muitas pessoas acabam, ao longo do tempo, reunindo um emaranhado de fios conectados aos notebooks. Para além da aparente desorganização, isso pode significar prejuízos para o aparelho e enfraquecer as conexões. "Hoje, temos vários relatos de choques elétricos em razão disso."

Ademais, o especialista chama atenção para o uso da tomada de três pinos. "Muitas pessoas ignoram esse terceiro pino, mas ele é o responsável pelo fio terra", afirma. Para preservar o aparelho, a melhor saída é ter um adaptador sempre à disposição.

3. Especialista de tutorial

Acompanhar tutoriais já se tornou uma prática comum na internet e muitas pessoas têm se aventurado em campos que não dominam. Para o especialista, quando há desejo de fazer ajustes ou melhorias, o caminho a seguir é outro.

"Muitos usuários, seguindo tutoriais, querem alterar conexões, aumentar a memória, por exemplo. E isso acaba sendo um problema sério porque mexem de uma maneira não profissional e sofrem com prejuízos depois. Quando quiser fazer mudanças, aconselho levar para um especialista que saberá manipular os equipamentos adequadamente", sugere.

O professor lembra ainda que cuidados básicos, como não deixar o notebook carregando continuamente, desligar a tela completamente após o uso e a atenção ao colocá-lo em mochilas e bolsas, são essenciais para a boa preservação e uma vida útil mais longa dos aparelhos.