PUBLICIDADE
Topo

Governo irlandês compra impressora que não passa na porta e gasta R$ 4,8 mi

Vista da fachada do Leinster House, na Irlanda - Artur Widak/NurPhoto/Getty Images
Vista da fachada do Leinster House, na Irlanda Imagem: Artur Widak/NurPhoto/Getty Images

De Tilt, em São Paulo

27/11/2019 10h51

A população irlandesa protestou contra os membros do parlamento do país após os políticos realizarem a compra de uma impressora por 808 mil euros (R$ 3,7 milhões). E o pior de tudo: ela sequer passava na porta.

Os oficiais precisaram gastar mais 230 mil euros (R$ 1,07 milhão) abrindo buracos nas paredes e removendo portas do prédio histórico do país, o Leinster House, para que a impressora pudesse ser colocada no local correto, já que ela possui 2,10 de altura e 1,90 de largura.

A operação toda levou cerca de 10 meses, período em que a máquina precisou ficar armazenada em um complexo industrial. Inicialmente, a impressora foi armazenada sem custos, mas depois passou a ser cobrado um valor mensal de 2.000 euros (R$ 9,3 mil).

No fim, a operação acabou custando mais de um milhão de euros aos cofres públicos (R$ 4,8 milhões) em gastos que poderiam ter sido evitados se os funcionários do parlamento tivessem apenas medido o espaço antes de encomendar o produto.

Segundo a RTE, quando o governo percebeu o erro já era tarde demais para devolver a impressora, uma vez que os contratos já haviam sido assinados. Por isso, a única opção que restou foi reformar todo o local.

Dor de cabeça não acaba aí

E se engana quem pensa que os problemas acabaram após a máquina ser instalada no local correto.

Alguns funcionários que trabalham no prédio não querem aprender a mexer na máquina até que o governo ofereça um aumento salarial para que eles operem o aparelho.

Já o setor de TI também está hesitante em permitir que todos os funcionários tenham acesso à impressora, dificultando a impressão de documentos que estão armazenados nos computadores do governo.

Um membro do governo já abriu inquérito para analisar todas as polêmicas que envolveram a operação.

Curiosidades de tecnologia