Topo

Nasa acha local onde aconteceu o acidente com a sonda lunar indiana

O local mais claro da imagem é onde a sonda lunar indiana Vikram caiu - NASA/AFP
O local mais claro da imagem é onde a sonda lunar indiana Vikram caiu Imagem: NASA/AFP

Em Washington

02/12/2019 21h40Atualizada em 03/12/2019 22h20

Um satélite que orbita a Lua encontrou o local da queda da sonda indiana Vikram, que caiu em setembro quando tentava pousar, informou a Nasa nesta segunda-feira

O centro Goddard, da agência espacial americana, publicou imagens que o Lunar Reconnaissance Orbiter (LRO) captou em outubro e novembro de um local em que se distinguem marcas do impacto e restos dispersos do dispositivo acidentado.

É difícil distinguir os rastros a olho nu, mas a análise da Nasa encontrou nestes pixels cerca de 20 partes e vários locais onde se detectam perturbações sobre o solo lunar.

Uma passagem anterior do LRO neste mesmo lugar tinha produzido uma série de imagens, mas na ocasião a luz não era boa e a Nasa não tinha encontrado ali nenhum vestígio de Vikram.

A Índia lançou a missão Chandrayaan-2 em 22 de julho. A nave espacial principal, que permanece em órbita ao redor da Lua, desprendeu-se do módulo de alunissagem Vikram dias antes do previsto.

Quando Vikram estava a 2 km de altitude, no final da descida, perdeu-se o contato.

Em 10 de setembro, a Agência Espacial Indiana (ISRO) anunciou que Vikram tinha sido "localizado" pelo orbitador Chandrayaan-2, mas sem comunicação e que estava tentando restabelecer o contato.

Com este projeto, a Índia tentava se tornar o quarto país, depois de Estados Unidos, Rússia e China, a pousar com sucesso uma sonda no satélite da Terra e o primeiro a conseguir fazê-lo em um dos polos lunares.

Astronomia