PUBLICIDADE

Topo

Free Fire: as armas que entram e saem do meta no patch Nova Era

Mac-10, nova arma de Free Fire - Reprodução/Garena
Mac-10, nova arma de Free Fire Imagem: Reprodução/Garena

Daniel Esdras

do GameHall

30/12/2021 04h00

Ao longo do tempo, poucas atualizações em Free Fire mexeram tanto com as armas como o patch Nova Era. Além dos balanceamentos, algumas mecânicas gerais, como o tempo para se trocar de arma, também foram modificadas.

Para você não ficar perdido em meio a tantas mudanças, START preparou uma análise completa com todas as alterações e falamos sobre o que compensa ou não utilizar em seu kit durante as partidas. Vem com a gente.

MAC-10

Free Fire - Divulgação/Garena - Divulgação/Garena
Free Fire: MAC10
Imagem: Divulgação/Garena

A única arma adicionada na atualização é a MAC-10, que chega para integrar o grupo das SMGs, ou Submetralhadoras.

O grande diferencial da arma é que ela já vem com um silenciador acoplado, o que é bem útil em todas as fases do jogo. Além disso, há outros espaços para acoplar acessórios, o que ajuda a corrigir alguns de seus pontos fracos.

O principal fator que joga contra a MAC-10 é seu baixo dano. No entanto, em vários outros jogos ela é usada da mesma forma que o modo Akimbo do Free Fire. Sabemos que a Garena enfrentou dificuldades para balancear a P90 nesse modo, mas a MAC-10 parece uma boa candidata a receber a modificação.

Por enquanto, recomendamos apenas testá-la para se preparar caso ela entre no meta em algum momento. Outras SMGs, como a própria UMP, ainda devem figurar entre as preferidas dos jogadores.

SCAR

Free Fire - Divulgação/Garena - Divulgação/Garena
Free Fire - Scar
Imagem: Divulgação/Garena

A SCAR vem ficando para trás nas últimas atualizações. Embora ainda seja uma das favoritas dos jogadores graças ao efeito nostalgia, a arma é um dos rifles de assalto com a menor eficiência do Free Fire, segundo a própria Garena.

O patch chega para mudar isso. O recuo será reduzido em 10%, o que pode não parecer uma mudança muito significativa, mas vale lembrar que as armas precisam de pequenos detalhes para subir de popularidade e eficácia. Gostamos do que vimos e recomendamos testá-la.

M60

Free Fire - Divulgação/Garena - Divulgação/Garena
Free Fire M60
Imagem: Divulgação/Garena

De todas as armas que receberam o famoso modo "machine gun" (que garante efeitos extras ao atirar agachado ou deitado), a M60 foi a que menos se beneficiou. Mas isso está mudando.

Agora, ela terá 30% menos recuo no modo, o que é significativo. Testamos e curtimos, principalmente no modo Squad. O único problema é que a mobilidade ainda incomoda um pouco, mas ela se tornou uma excelente alternativa para quem gosta de armas pesadas.

UMP e XM8

Free Fire - Divulgação/Garena - Divulgação/Garena
Free Fire XM8
Imagem: Divulgação/Garena

De acordo com a Garena, UMP e XM8 estão muito poderosas, chegando ao ponto de não deixar sequer os inimigos se aproximarem. Para tentar mudar essa situação, a desenvolvedora decidiu aumentar o tempo de recarga de munição das duas armas em 5%.

Esta é uma mudança tímida e, com o uso dos acessórios certos, pode ser facilmente imperceptível. Como as duas armas são muito populares no momento, não cogite tirá-las do seu kit se forem as suas preferidas.

MP5-X

Encontrar uma MP5-X é raro e, mesmo assim, ela não parece ser muito eficiente no endgame, principalmente nas últimas zonas, onde os inimigos estão com equipamentos poderosos.

A melhoria foi simples: 5% na cadência de tiro. No entanto, isso significa um maior dano por segundo em uma arma que tem um pente grande o suficiente para derrubar inimigos reforçados. Se você der sorte de encontrá-la, vale trocar sua arma de curto alcance.

Kar98k

Free Fire - Divulgação/Garena - Divulgação/Garena
Free Fire - Kar 98
Imagem: Divulgação/Garena

A Kar98k é praticamente um caso perdido no Free Fire. Atirar com snipers é complicado pela tela do celular. Some a isso o fato de que seu dano não progrediu de acordo com os equipamentos de defesa e que não há muitos espaços para melhorias, e temos uma arma quase ignorada.

A Garena vai tentar mudar essa história aumentando a cadência de tiros em 10% - o que ao menos aumenta a quantidade de disparos possíveis antes de ser completamente fuzilado pelo adversário.

Não recomendamos apostar na Kar98k. A única exceção é se você tiver uma mira digna dos profissionais ou estiver jogando em um emulador.

Groza

Free Fire - Reprodução - Reprodução
Free Fire Groza
Imagem: Reprodução

Assim como a SCAR, a Groza vem perdendo força em relação às outras armas da sua categoria. Seu caso é ainda pior, uma vez que ela só pode ser adquirida via drop.

A desenvolvedora resolveu tentar mudar essa história e adicionou 20% de perfuração aos seus atributos. Isso a coloca de volta no hall das melhores armas do jogo, com um grande impacto na zona final. Recomendamos usá-la.

Atenção aos detalhes

Nessa atualização, duas modificações podem passar despercebidas por alguns jogadores, mas que são extremamente importantes.

A primeira delas é o tempo para trocar de arma. A Garena resolveu aumentar o tempo para alterar entre uma arma e outra, tentando privilegiar o combate direto. Isso significa que algumas armas com pentes menores serão mais prejudicadas, já que dependiam da troca para garantir o abate em diversas situações.

No patch, a Garena diz que algumas armas terão tempo maior do que outras, provavelmente favorecendo o uso de SMGs e escopetas. No entanto, não há detalhes sobre como essas mudanças atingirão cada arma especificamente. A dica é entrar no modo treino e testar sua combinação favorita para analisar o quanto ela sofreu impacto.

A segunda mudança pode até mesmo causar espanto: a distância efetiva de várias armas. A Garena entende que algumas armas que foram pensadas para combates de média e curta distância estão muito efetivas também em longas distâncias, o que afeta o uso de Snipers e DRMs.

UMP e UZI perderam 5% de distância efetiva. Já a Thompson, MP5 e MAG-7 perderam 3%. Se sentir que seu estilo de jogo foi prejudicado de forma considerável após as mudanças, vale a pena testar novas armas para tentar se adaptar.

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: https://www.tiktok.com/@start_uol?
Twitch: https://www.twitch.tv/startuol