PUBLICIDADE

Topo

Gigantes Free Fire: Brasil domina o torneio, e RED Canids é campeã

A "Matilha" da RED conquistou o título do Gigantes Free Fire e levou o prêmio de US$ 17.500 - Divulgação
A "Matilha" da RED conquistou o título do Gigantes Free Fire e levou o prêmio de US$ 17.500 Imagem: Divulgação

Thaime Lopes

Colaboração para o START

02/08/2020 08h05

Não faltou emoção na primeira edição do Gigantes Free Fire, que reuniu as 12 melhores equipes da América do Sul neste sábado (1º). A disputa só foi decidida na última queda, consagrando a RED Canids Kalunga, time formado por Matheus "Wanheda" Souza, Davi Morato, Waliton "Alemão" Gawenda e Marlon "Dexter" Caetano.

O torneio teve oito quedas e ficou marcado pela estreia do mapa Kalahari em torneios oficiais. Foram quatro booyahs da GOD, muitas kills da RED e da paiN, e um domínio dos times brasileiros na classificação final.

Com o título, a RED garantiu o prêmio de US$ 17.500. A GOD, que ficou em segundo, ganhou US$ 10.500, e a paiN, que fechou o top 3, saiu com US$ 7.000 na conta. As seis equipes representantes do Brasil (RED, GOD, paiN, Black Dragons, B4 e INTZ) passaram o dia inteiro segurando o top 6, e foi só na última queda que a chilena Newstar tomou o sexto lugar na tabela geral.

Tabela Gigantes - Divulgação/Garena - Divulgação/Garena
Times brasileiros dominaram o torneio, ficando com as 5 primeiras posições
Imagem: Divulgação/Garena

A RED Canids, assim como mais 17 equipes da Série A, voltam a jogar em 22 de agosto, pela Terceira Etapa da Liga Brasileira de Free Fire.

Queda 1 - Purgatório - booyah da GOD

A GOD, formada por Gabriel "ALOK10", Gerson "General" Júnior, Matheus "Pato" Souza, Deivison "Luffy" Aguiar e Guilherme "Broco" Brock, começou o dia com o pé direito, garantindo a primeira vitória do campeonato. Foram incríveis 15 abates, sendo sete só do General. No troca-troca com a B4, no fim das contas foi a GOD quem saiu por cima.

Queda 2 - Bermuda - booyah da Team Samurai

Na segunda partida do dia, foi a vez de os hermanos argentinos levarem a melhor. Assim como havia acontecido na queda anterior, em que duas equipes brasileiras ficaram de pé no final, a galera da Samurai teve que enfrentar os também argentinos da Furious. Apesar de terem anotado só cinco eliminações, os samurais se posicionaram muito bem em relação à safe ao longo da partida, chegando à final da partida sem dificuldades.

Queda 3 - Kalahari - booyah da B4

Ninguém sabia muito bem o que esperar da estreia de Kalahari no competitivo, mas, claramente, a galera da B4 já tinha se preparado bastante para atuar bem em um mapa não muito querido pela comunidade. Na final contra a INTZ, que já havia realizado 13 abates, a B4 estava mais bem posicionada e conseguiu segurar no 3x1 numa boa.

Queda 4 - Purgatório - booyah da GOD

A GOD começou a abrir vantagem na tabela no meio do campeonato, quando anotou a dobradinha de vitórias. Enquanto a galera da RED estava preocupada em finalizar a Black Dragons, os Deuses ficaram de olho e esperaram o primeiro vacilo para eliminar a equipe e garantir o segundo booyah.

Queda 5 - Bermuda - booyah da GOD

Os Deuses estavam claramente prontíssimos para levarem o título, porque eles amassaram demais na partida que levou à terceira vitória do dia. Com três jogadores vivos, contra um da BD e um da Furious, eles só precisaram manter a calma e esperar os oponentes aparecerem para conseguirem anotar mais duas eliminações para a conta. No final, a GOD fez sete abates.

Queda 6 - Kalahari - booyah da GOD

Nesse momento do torneio, estava todo mundo dando a GOD como a grande campeã. Era o quarto booyah em seis quedas, mas a RED estava encostada na pontuação por ter realizado muitos abates em todas as partidas. A treta final, inclusive, foi entre as duas equipes, mas a GOD levou a melhor.

Queda 7 - Purgatório - booyah da RED

A virada para garantir o título de primeiros campeões da Gigantes começou aqui, quando a RED ganhou sua primeira queda. Com incríveis 14 abates e a vitória da partida, a Matilha mostrou matematicamente que garantir eliminações é importante nos campeonatos. Mesmo com só um booyah, eles amassaram tanto os oponentes que tomaram o topo da tabela da então favorita GOD, que já havia anotado quatro vitórias.

Queda 8 - Bermuda - booyah da Newstar

Os chilenos da Newstar tomaram o lugar da INTZ no top 6 da tabela justamente na partida final. Mesmo com seis abates e a vitória, o maior momento da queda veio nas mãos Wanheda. O jogador da RED ficou sozinho no final, mas com cinco kills para a conta da equipe, ele sabia que seriam os vencedores. Em vez de enfrentar os inimigos, optou por hastear o bandeirão em comemoração ao título.

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: http://vm.tiktok.com/Rqwe2g/
Twitch: https://www.twitch.tv/start_uol