Topo

eSport


De Flamengo a mibr: ambulantes vendem uniformes de eSports a R$ 60 no CBLoL

Uniformes dos principais times times de Counter-Strike, League of Legends e Rainbow Six estão à venda - Bruno Izidro/UOL
Uniformes dos principais times times de Counter-Strike, League of Legends e Rainbow Six estão à venda Imagem: Bruno Izidro/UOL

Bruno Izidro

Do START, no Rio de Janeiro*

07/09/2019 13h59

Enquanto torcedores de Flamengo e INTZ chegavam à Jeunesse Arena, no Rio de Janeiro, para a final do Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL) neste sábado (07), ambulantes chamavam a atenção com uma oferta variada de uniformes de eSports.

São versões não oficiais de camisas de times brasileiros como paiN Gaming, Flamengo, INTZ e mibr, e de equipes estrangeiras como Faze, Fnatic e Team Liquid. Além dos modelos baseados nos uniformes de League of Legends, camisas de Counter-Strike e Rainbow Six também marcavam presença.

Segundo os ambulantes, as camisas são feitas "do mesmo material" que as oficiais - Bruno Izidro/UOL
Segundo os ambulantes, as camisas são feitas "do mesmo material" que as oficiais
Imagem: Bruno Izidro/UOL
Os vendedores, que não quiseram se identificar, afirmam que só trabalham com camisas de eSports, e que o foco do negócio são as vendas online, onde cada uniforme custa R$ 79. Na entrada da arena, cada camisa estava sendo vendida por R$ 60.

Segundo os vendedores, os modelos mais procurados neste sábado eram as camisas de Flamengo, INTZ e paiN Gaming, além da versão de Rainbow Six da equipe Team Liquid, que é uma organização estrangeira mas tem um elenco de R6 100% brasileiro.

No Brasil, os principais times de eSports já contam com linhas de uniformes e roupas em suas próprias lojas online. Na INTZ Store, por exemplo, o fã do time pode encontrar desde camisetas casuais (R$ 44,90) até uniforme oficial (R$ 79,90) e jaqueta (R$ 169,90). Já o Flamengo eSports aparece na loja do clube carioca, onde a camisa oficial de League of Legends, feita pela Adidas, sai por R$ 239,90.

Quando o assunto são times estrangeiros, porém, é mais difícil para o torcedor brasileiro conseguir comprar uniformes licenciados, o que pode explicar a demanda por soluções "alternativas". Além de ser obrigado a encarar a alta do dólar, um fã brasileiro depende de encontrar lojas internacionais de eSports que entreguem no Brasil.

Torcida do Fla eSports chegou com bandeiras e muita festa para a final do CBLoL - Riot Games/Divulgação
Torcida do Fla eSports chegou com bandeiras e muita festa para a final do CBLoL
Imagem: Riot Games/Divulgação

*O jornalista viajou a convite da Riot Games.

eSport