PUBLICIDADE

Topo

PC


Homem é preso por vender cópias de novo "Call of Duty" roubadas de fábrica

do UOL, em São Paulo

19/10/2017 11h11

Um homem foi preso por vender cópias de "Call of Duty: WWII" que haviam sido roubadas de uma fábrica nos EUA.

Os produtos haviam sido roubados de uma fábrica de discos da Sony DADC localizada em Terre Haute, no Estado de Indiana. Acredita-se que o lote furtado inclua vários outros games, incluindo "Madden NFL 18", mas o novo "Call of Duty" se destaca por ainda nem ter sido lançado oficialmente.

Segundo a polícia local, o suspeito vendia as cópias pelo site eBay por US$ 45, sendo que o preço oficial do game é de US$ 60.

A Sony DADC declarou que o homem não é um empregado da empresa, o que pode indicar que ele não seja o único envolvido no crime.

"Call of Duty: WWII" sai em 3 de novembro para PC, PS4 e Xbox One.