PUBLICIDADE

Topo

Para executivo da Microsoft, esta pode ser a última geração de consoles

O Project Scorpio é a grande aposta da Microsoft para o mercado de consoles - Divulgação
O Project Scorpio é a grande aposta da Microsoft para o mercado de consoles Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

17/08/2016 17h16

Em entrevista com o site Engadget, o vice-presidente de marketing da divisão Xbox, Aaron Greenberg, diz que para a Microsoft é possível que o esta será a última geração de consoles, com as fabricantes de plataformas preferido iterar as plataformas atuais com mais regularidade - como no caso do Project Scorpio.

"Para nós, achamos que o futuro será sem gerações de consoles; acreditamos que a forma de criar um acervo, uma comunidade, de ser possível iterar o hardware - estamos fazendo uma grande aposta nisso com o Project Scorpio", declarou. "Estamos dizendo 'Isto não é uma nova geração; tudo que você já tem segue em frente e funciona'. Pensamos nelas como uma família de aparelhos."

Anteriormente, outros executivos haviam indicado que a Microsoft havia se inspirado no mercado de smartphones para a criação do Project Scorpio, como o diretor de programação Mike Ybarra para o jornal The Guardian, ou o chefe da divisão de games, Phil Spencer, em conversa com o Engadget.

Além disso, Greenberg também discutiu planos para diminuir a distância de vendas entre o Xbox One e o PlayStation 4, que já tem quase 45 milhões de unidades vendidas desde seu lançamento, em 2013.

"Estamos focados em algumas coisas. Diria que primeiro estamos focados em aumentar nossa base de usuários, trazendo nossos jogos para o maior número de jogadores possíveis", explicou. "Por isso você vê várias de nossas grandes franquias no Windows 10."

"Do ponto de vista do ecossistema de consoles, estamos vendo vendas saudáveis e bom engajamento. De ano em ano, em relação ao mês de julho, vimos um aumento de 18% no uso do Xbox One, então isso também está em bom estado."

Ainda sem nome oficial, o Project Scorpio deve sair no fim de 2018.