PUBLICIDADE

Topo

Mulheres gastam mais do que homens em jogos mobile, diz estudo

do Gamehall

08/08/2014 15h59

Após o sucesso de "Kim Kardashian: Hollywood", que atualmente fatura cerca de US$ 700 mil por dia, o instituto Flurry conduziu um novo estudo indicando que o público feminino tende a gastar significativamente mais tempo, dinheiro e interesse em jogos mobile do que homens.

Segundo o instituto, que é voltado para a análise de dados do mercado mobile e usou como base cerca de 1,1 milhão de aparelhos, em geral mulheres gastam 31% a mais com compras em aplicativos, e 35% mais tempo do que homens. Além disso, os games mobiles tendem a prender mais a atenção do público feminino, com uma taxa de retenção de uma semana 42% mais do que o masculino.

O Flurry também analisou os 19 principais gêneros de games e o tempo gasto por semana. Em 9 categorias, o público se mostra predominantemente feminino, enquanto 6 causam mais interesse masculino, com apenas 4 sendo composto por uma base de sexos relativamente parecida.

Gostos diferentes

Os dados mostram que mulheres tem mais interesse em games de simulação e paciência, além de "endless runners", enquanto o público masculino tende a gastar mais tempo com gêneros como shooters, RPGs e Card games. As únicas categorias que mostram um interesse mútuo são games arcade, plataforma, corrida e quebra-cabeças.

O instituto Flurry utilizou principalmente dados de consumidores nos Estados Unidos, mas declarou em seu estudo que, ao estudar as métricas do público em todo o mundo, os dados não parecem se diferenciar significativamente.