PUBLICIDADE
Topo

Ricardo Feltrin

Quero virar referência digital, diz ex-atriz Fernandinha Fernandez

Fernandinha Fernandez abandonou o mundo pornô e agora tem empresa de marketing digital - Arquivo pessoal
Fernandinha Fernandez abandonou o mundo pornô e agora tem empresa de marketing digital Imagem: Arquivo pessoal
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

20/10/2021 04h05

Aos 34 anos, depois de mais de uma década trabalhando no mundo pornô, Fernandinha Fernandez decidiu mudar de ramo e não olhar mais para trás.

Nesta entrevista ao UOL ela diz saber que é impossível apagar o passado, mas que, mesmo assim, não se arrepende dele.

"As pessoas sempre vão me enxergar como "aquela que fez filme pornô, Vou ter de conviver com isso para o resto dos meus dias, mas não me arrependo. Eu tinha de ter passado por isso para chegar aonde estou", diz com sinceridade nesta entrevista exclusiva.

BMX Digital

Além de seu canal de games na TwitchTV, ela agora montou com o "namorido", Vinícius, a BMX Digital Marketing (instagram.com/bmx_digital)

Fernandinha também tem se dedicado a dar dicas valiosas a desconhecidos de como incrementar o engajamento e as publicações em suas redes sociais.

Está longe de ser uma "coach" no Instagram, mas age mais como uma conselheira. Ou uma professora que dá dicas básicas para melhorar o desempenho dos internautas em suas postagens.

O Vinicius (seu "namorido") tem uma parcela muito importante nisso. Ele é a pessoa que mais acredita em mim e que me apoia todos os dias. Eu sou muito grata porque ele não desistiu quando tudo conspirava para não dar certo. Pois a gente foi lá e fez acontecer.

Veja a seguir os melhores trechos da entrevista:

Como é essa empresa de marketing digital?

Fernandinha Fernandez - Eu fiz uma empresa com meu namorado e a gente começou a trabalhar com marketing digital. A gente começou como GRS (gestão de redes sociais), mas agora já começamos a fazer várias coisas, como lançamentos, produtos digitais e promovê-lo. Os clientes estão aparecendo.

Como eu trabalhei muitos anos nessa área pornô, não nego que é difícil mudar a visão das pessoas da noite para o dia. Como eu te disse uma vez, eu vendi uma imagem (sexy) por muitos anos, então acho que nunca mais serei esquecida nisso. Mas, por outro lado, acho que é possível eu mudar essa minha característica, sim. Mas, é preciso ter paciência

Agora nesse meio do marketing digital, você ainda sente preconceito por causa do passado pornô?

Fernandinha Fernandez - Em relação a preconceito, para ser sincera, não tenho sentido. Muitas pessoas tem procurado a minha empresa pra apresentar projetos e produtos, e nem ligam para isso. E isso tem me surpreendido bastante.

Com fiz aquele desabafo recentemente lá no Instagram, eu contei que não estava mais trabalhando nesse meio (erótico) e eu recebi muitas mensagens dos meus fãs, me apoiando, e isso me deixou muito feliz. Eu senti que as pessoas gostam realmente de mim, e não daquele personagem que eu interpretava.

Eu sempre procurei mostrar meu outro lado no Instagram, mesmo quando ainda trabalhava no meio?.

Mas você ainda recebe convite para fazer filmes?

Fernandinha Fernandez - Sim, ainda recebo, porque ainda está tudo muito recente, e tem muita gente que ainda nem sabe que eu parei. Mas isso aí é com o tempo, não tem jeito...Só com o tempo vão entender que eu não faço mais parte desse, digamos, entretenimento?

Você, por outro lado, não se sente tentada a fazer mais um filme, uma despedida, com altos cachês etc?

Fernandinha Fernandez - Não sinto a menor vontade. Nenhuma, juro. Pelo contrário. Na verdade eu tenho cada vez mais certeza da decisão que tomei.

Eu já tinha decidido isso na minha cabeça muito antes, só materializei isso na minha cabeça e expus publicamente.

Na minha cabeça realmente eu já estava de saco cheio.

O pornô não era mais algo que me agregava nada, sabe? Eu acho que te falei isso outra vez: eu me considero uma pessoa muito capaz, apta a fazer muitas coisas diferentes; e aquilo já não me desafiava e nem me fazia uma pessoa melhor. Eu fazia pelo dinheiro mesmo. Mas, vontade de fazer um último filme, zero vontade.

Fernanda, onde você se vê daqui a 10 anos? Digo, o que você vai querer ser daqui a 10 anos, por exemplo?

Fernandinha Fernandez - Olha, eu gosto muito da área do marketing, ela tem várias vertentes. Eu ainda tô fazendo um pouco de cada coisa para saber como funciona pra futuramente eu poder mandar, delegar.

Acho que meu sonho é ser um influencer dentro da área do marketing, é meu maior desejo.

Já o negócio do "gamer" (do canal dela na TwitchTV) eu dei uma paradinha porque o marketing absorve muito e não tava dando tempo, mas o canal tá lá mais pra minha diversão. Eu não sou player, eu sou pré-player. Aquilo é mais uma maneira de as pessoas falarem comigo, porque no Instagram às vezes é muita gente

Tem algum ídolo à vista ou alguém em quem você se espelha?

Fernandninha Fernandez - Meu maior desejo é ser uma referência no marketing, é ser uma Carol Dias, que enfrentou aquela coisa da paniquete. Hoje ela se renovou e é uma inspiração muito grande para mim. E foi duro pra ela também. Ela demorou muito para decolar.

Última pergunta: você se arrepende de ter feito pornô?

Fernandinha Fernandez - Não me arrependo de ter feito pornô, me arrependo de ter feito ALGUMAS coisas no pornô.

Eu passava aquela imagem de menina nova e escrachada, sem filtro e isso meio que acabou se direcionando muito pra minha pessoa na vida íntima. Tanto que, quando eu conheci meu namorado, ele pensava uma coisa de mim e isso ocorre com muita gente que se aproxima.

Eu sou completamente diferente daquilo. Mas não me arrependo, não. Eu quero construir um legado. Eu espero que futuramente eu possa fazer isso. Costumo dizer: se não estudando eu já 'causei' tudo isso, imagine se eu tivesse estudado?

Ricardo Feltrin no Twitter, Facebook, Instagram e site Ooops